DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 29/08/2018

Missa acolhe imagem peregrina na Diocese

Acolhida e carreata reuniu centenas de liguistas

 
Centenas de pessoas, na sua maioria liguistas, acompanharam a acolhida da imagem de Nossa Senhora Aparecida Centenas de pessoas, na sua maioria liguistas, acompanharam a acolhida da imagem de Nossa Senhora Aparecida | Crédito: Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

      Muita gente se reuniu na Catedral Sant’Ana na noite dessa segunda-feira (27) para a recepção da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que veio da Basílica Nacional pelas mãos dos integrantes da Liga Católica Jesus, Maria, José em comemoração aos 40 anos de fundação da Federação das Ligas Católicas na Diocese e Ponta Grossa. O bispo dom Sergio Arthur Braschi celebrou a missa de acolhida, às 19h30, e, da Catedral, a imagem seguiu em carreata para a Paróquia São José, onde nasceu a primeira Liga, há 84 anos. Lá, foi recebida com cânticos e orações por dezenas de fiéis.

      A réplica da imagem acompanha a Liga Católica há aproximadamente 30 anos. É a terceira vez que faz sua peregrinação por Ponta Grossa. O bispo dom Sergio lembrou que as ligas nasceram no século XIX, na Bélgica e foram se desenvolvendo no Brasil graças ao apoio dos missionários redentoristas. “Estão presentes em algumas regiões do país, e, no Paraná, apenas em Ponta Grossa, devido a presença dos redentoristas, que, durante muitos anos foram os responsáveis pela Paróquia São José. É a liga-mãe, que deu origem a todas as demais”, detalhou o bispo.

      O pároco da São José, padre Casemiro Oliszeski disse da alegria de saber que a história da Liga começou na paróquia. “Estamos todos muito felizes e agradecidos por acolher, receber a mãe do filho de Deus. Ela nos ensina a peregrinar, a caminhar, sempre tendo conosco Jesus Cristo. Com certeza ela vai suplicar, interceder a seu filho muitas bênçãos aos paroquianos e para toda a Diocese”, comentou. O catequizando do segundo tempo, Emanuel Maluf, veio com a família receber a imagem e se mostrava emocionado. “Vou fazer um pedido especial. Vou pedir que abençoe a minha família, meu pai e minha mãe”, segredou. O pai, Diogo Maluf, afirmou ser uma bênção muito grande receber a réplica da santa. “Bom saber que ela vai ficar vários dias aqui. Ela traz paz, alegria, aconchego no lar”.

      A presidente da Federação das Ligas Católicas da Diocese de Ponta Grossa, Caciana Malaquias Cardoso, citou que a peregrinação da imagem quer tornar mais forte a devoção a Nossa Senhora Aparecida, em especial, nas famílias, já que a Liga trabalha no resgate para Deus e na evangelização. “Quisemos trazer a mãe para que visite as famílias, os doentes, os idosos e aquelas pessoas que têm dificuldade de estar participando na sua comunidade, para que elas possam se sentir amadas e acolhidas”. A imagem de Nossa Senhora Aparecida permanece na Paróquia São José até o dia 15 de setembro, seguindo para a Paróquia São Jorge. A peregrinação vai acontecer por entre 15 ou 16 igrejas, onde existe a Liga Católica, informou Caciana. “Mas, nada impede que a imagem seja levada a comunidades que tiverem interesse. É só entrar em contato e agendar”.

      Caciana Cardoso destacou que o movimento é simples, ajuda os párocos em diversas atividades. “A Federação dá suporte para que as ligas funcionem, dando um importante apoio, promovendo encontros de formação para a diretoria, para os casais, para que possam ter uma vida cristã como a Igreja nos pede”, acrescentou. A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida fica na Diocese até dia 25 de agosto de 2019. A última paróquia a recebe-la será a São Pedro Apóstolo, no Sabará, de 14 de julho a 11 agosto. Depois, passará uma semana na Paróquia Sant’Ana, onde, dia 22 de agosto, acontece uma missa de agradecimento pela visita.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Catequistas avaliam caminhada e planejam 2019 | Diocese assume gestão de monumento em Irati | A dependência química vista sob novo olhar | Femuc terá show da Colo de Deus |





Publicado em: 29/08/2018

Missa acolhe imagem peregrina na Diocese

Acolhida e carreata reuniu centenas de liguistas

 

      Muita gente se reuniu na Catedral Sant’Ana na noite dessa segunda-feira (27) para a recepção da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que veio da Basílica Nacional pelas mãos dos integrantes da Liga Católica Jesus, Maria, José em comemoração aos 40 anos de fundação da Federação das Ligas Católicas na Diocese e Ponta Grossa. O bispo dom Sergio Arthur Braschi celebrou a missa de acolhida, às 19h30, e, da Catedral, a imagem seguiu em carreata para a Paróquia São José, onde nasceu a primeira Liga, há 84 anos. Lá, foi recebida com cânticos e orações por dezenas de fiéis.

      A réplica da imagem acompanha a Liga Católica há aproximadamente 30 anos. É a terceira vez que faz sua peregrinação por Ponta Grossa. O bispo dom Sergio lembrou que as ligas nasceram no século XIX, na Bélgica e foram se desenvolvendo no Brasil graças ao apoio dos missionários redentoristas. “Estão presentes em algumas regiões do país, e, no Paraná, apenas em Ponta Grossa, devido a presença dos redentoristas, que, durante muitos anos foram os responsáveis pela Paróquia São José. É a liga-mãe, que deu origem a todas as demais”, detalhou o bispo.

      O pároco da São José, padre Casemiro Oliszeski disse da alegria de saber que a história da Liga começou na paróquia. “Estamos todos muito felizes e agradecidos por acolher, receber a mãe do filho de Deus. Ela nos ensina a peregrinar, a caminhar, sempre tendo conosco Jesus Cristo. Com certeza ela vai suplicar, interceder a seu filho muitas bênçãos aos paroquianos e para toda a Diocese”, comentou. O catequizando do segundo tempo, Emanuel Maluf, veio com a família receber a imagem e se mostrava emocionado. “Vou fazer um pedido especial. Vou pedir que abençoe a minha família, meu pai e minha mãe”, segredou. O pai, Diogo Maluf, afirmou ser uma bênção muito grande receber a réplica da santa. “Bom saber que ela vai ficar vários dias aqui. Ela traz paz, alegria, aconchego no lar”.

      A presidente da Federação das Ligas Católicas da Diocese de Ponta Grossa, Caciana Malaquias Cardoso, citou que a peregrinação da imagem quer tornar mais forte a devoção a Nossa Senhora Aparecida, em especial, nas famílias, já que a Liga trabalha no resgate para Deus e na evangelização. “Quisemos trazer a mãe para que visite as famílias, os doentes, os idosos e aquelas pessoas que têm dificuldade de estar participando na sua comunidade, para que elas possam se sentir amadas e acolhidas”. A imagem de Nossa Senhora Aparecida permanece na Paróquia São José até o dia 15 de setembro, seguindo para a Paróquia São Jorge. A peregrinação vai acontecer por entre 15 ou 16 igrejas, onde existe a Liga Católica, informou Caciana. “Mas, nada impede que a imagem seja levada a comunidades que tiverem interesse. É só entrar em contato e agendar”.

      Caciana Cardoso destacou que o movimento é simples, ajuda os párocos em diversas atividades. “A Federação dá suporte para que as ligas funcionem, dando um importante apoio, promovendo encontros de formação para a diretoria, para os casais, para que possam ter uma vida cristã como a Igreja nos pede”, acrescentou. A imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida fica na Diocese até dia 25 de agosto de 2019. A última paróquia a recebe-la será a São Pedro Apóstolo, no Sabará, de 14 de julho a 11 agosto. Depois, passará uma semana na Paróquia Sant’Ana, onde, dia 22 de agosto, acontece uma missa de agradecimento pela visita.


Diocede Ponta Grossa
Centenas de pessoas, na sua maioria liguistas, acompanharam a acolhida da imagem de Nossa Senhora Aparecida   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A imagem peregrina foi acolhida na Diocese de Ponta Grossa com uma missa, nesta segunda-feira   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A imagem peregrina foi acolhida na Diocese de Ponta Grossa com uma missa, nesta segunda-feira   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio celebrou a missa na Catedral Sant’Ana   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Depois da missa, a imagem foi levada em carreata para a Paróquia São José.   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Na São José, dezenas de pessoas recepcionaram a imagem com cânticos e orações   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Na São José, dezenas de pessoas recepcionaram a imagem com cânticos e orações   |   Assessoria de Comunicação Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download