DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 22/09/2018

Nossa Senhora visita doentes e idosos

12 andores com a imagem da santa de Aparecida vão peregrinar por 144 famílias

 
São 12 andores que já desde a sexta-feira visitam mais de 144 famílias da região   São 12 andores que já desde a sexta-feira visitam mais de 144 famílias da região | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      A Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Núcleo 31 de Março, completa 51 anos em 2018. Desde praticamente a fundação da capela, os fieis organizam uma peregrinação da imagem da padroeira pelas casas dos doentes, acamados, idosos e das pessoas afastadas da Igreja, em preparação à festa de Nossa Senhora Aparecida, dia 12 de outubro. Este ano, são 12 andores que visitarão mais de 144 famílias da comunidade, no 31 de Março, Jardim Giana, Jardim Conceição 1 e 2 e Jardim Aroeira. A bênção e envio dos andores aconteceu em uma celebração nesta sexta-feira (21), às 19h30.  

      A coordenadora do Conselho Pastoral da Comunidade e da Liturgia da Capela, Cláudia Mara Delfino, conta que, no início, o hábito de fazer as visitas nas casas com o andor começava 30 dias antes da festa. “Parou um tempo; os moradores não quiseram mais por uma questão de segurança. Em 2016, voltou-se a fazer com um andor, por nove dias. Ano passado, nos 50 anos de Nossa Senhora Aparecida, decidimos por fazer a visitação com doze andores, simbolizando as 12 estrelas que estão na coroa de Nossa Senhora”, explica. A própria comunidade confecciona os andores e coordena as visitas. “São mais de 144 famílias porque se uma vizinha da casa onde está o andor quiser, ele pode ser levado e passar o dia na residência. Os missionários chegam rezando o terço e fazem orações, abençoando a casa. É graça. Temos que partilhar o que Deus dá para nós com os menos favorecidos”, acrescenta Cláudia.

      Nesta sexta-feira, depois da missa e novena em honra de Nossa Senhora Auxiliadora, padroeira paroquial, celebradas pelo padre Josimar Schilikmann, houve a bênção e envio dos andores. Ainda ontem, a primeira família recebeu a imagem. No dia 3 de outubro, os andores retornam à Capela para o início das novenas com a participação das comunidades-irmãs, até dia 11. No dia 12, acontece missa e coroação de Nossa Senhora, às 19 horas; dia 13, haverá terço missionário luminoso, às 18 horas, com a participação das crianças da Catequese, e, no dia 14, missa solene às 10 horas. Na programação social, está prevista feira de pães e macarrão caseiro, dia 6, a partir das 11 horas; dia 12, fogos, tarde recreativa e carreata, a partir das 12 horas; dia 13, venda do bolo de Nossa Senhora Aparecia, com uma medalhinha de ouro, a partir das 15 horas, pastelada, bingo e binguinhos.

      No dia 14, acontece churrascada, às 12 horas, e o sorteio da ação entre amigos, que distribuirá prêmios de R$ 2 mil, R$ 300, R$ 200 e um brinde surpresa, às 18 horas. Os recursos arrecadados serão usados na reforma da Capela. “Há 30 anos a igreja está sem obras. É preciso ampliar, trocar o forro... Para isso contamos com a colaboração da comunidade e por isso fizemos os cartões a um preço acessível, para ter acolhimento maior das famílias”, justifica a coordenadora do CPC, Cláudia Delfino.

      A coordenadora de Pequenos Grupos, Marina da Silva Caillot, ressalta que a intenção é atender pedido do Papa Francisco de uma Igreja em Saída. “Queremos levar através de Nossa Senhora a igreja até os que não podem vir, os que estão afastados, os doentes, os idosos”. Para a missionária Alfredina Pereira Pinheiro a emoção é muito forte. “Não existe emoção maior do que ir até aquelas pessoas com sérios problemas de saúde, às acamadas, os mais idosos”.

      Na Paróquia São Sebastião/Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, as novenas ocorrem também de 3 a 11 outubro, sempre às 19 horas. Em cada noite será dada uma bênção específica. A procissão, dia 12, inicia às 14 horas, saindo do Hospital Bom Jesus e terminando no Santuário, com missa celebrada pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| da | Padre conhece santuário de irmã Cleusa | Dia da Mãe Aparecida é festejado pelos devotos | Santuário de Brotas terá programação especial dia 12 |





Publicado em: 22/09/2018

Nossa Senhora visita doentes e idosos

12 andores com a imagem da santa de Aparecida vão peregrinar por 144 famílias

 

      A Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Núcleo 31 de Março, completa 51 anos em 2018. Desde praticamente a fundação da capela, os fieis organizam uma peregrinação da imagem da padroeira pelas casas dos doentes, acamados, idosos e das pessoas afastadas da Igreja, em preparação à festa de Nossa Senhora Aparecida, dia 12 de outubro. Este ano, são 12 andores que visitarão mais de 144 famílias da comunidade, no 31 de Março, Jardim Giana, Jardim Conceição 1 e 2 e Jardim Aroeira. A bênção e envio dos andores aconteceu em uma celebração nesta sexta-feira (21), às 19h30.  

      A coordenadora do Conselho Pastoral da Comunidade e da Liturgia da Capela, Cláudia Mara Delfino, conta que, no início, o hábito de fazer as visitas nas casas com o andor começava 30 dias antes da festa. “Parou um tempo; os moradores não quiseram mais por uma questão de segurança. Em 2016, voltou-se a fazer com um andor, por nove dias. Ano passado, nos 50 anos de Nossa Senhora Aparecida, decidimos por fazer a visitação com doze andores, simbolizando as 12 estrelas que estão na coroa de Nossa Senhora”, explica. A própria comunidade confecciona os andores e coordena as visitas. “São mais de 144 famílias porque se uma vizinha da casa onde está o andor quiser, ele pode ser levado e passar o dia na residência. Os missionários chegam rezando o terço e fazem orações, abençoando a casa. É graça. Temos que partilhar o que Deus dá para nós com os menos favorecidos”, acrescenta Cláudia.

      Nesta sexta-feira, depois da missa e novena em honra de Nossa Senhora Auxiliadora, padroeira paroquial, celebradas pelo padre Josimar Schilikmann, houve a bênção e envio dos andores. Ainda ontem, a primeira família recebeu a imagem. No dia 3 de outubro, os andores retornam à Capela para o início das novenas com a participação das comunidades-irmãs, até dia 11. No dia 12, acontece missa e coroação de Nossa Senhora, às 19 horas; dia 13, haverá terço missionário luminoso, às 18 horas, com a participação das crianças da Catequese, e, no dia 14, missa solene às 10 horas. Na programação social, está prevista feira de pães e macarrão caseiro, dia 6, a partir das 11 horas; dia 12, fogos, tarde recreativa e carreata, a partir das 12 horas; dia 13, venda do bolo de Nossa Senhora Aparecia, com uma medalhinha de ouro, a partir das 15 horas, pastelada, bingo e binguinhos.

      No dia 14, acontece churrascada, às 12 horas, e o sorteio da ação entre amigos, que distribuirá prêmios de R$ 2 mil, R$ 300, R$ 200 e um brinde surpresa, às 18 horas. Os recursos arrecadados serão usados na reforma da Capela. “Há 30 anos a igreja está sem obras. É preciso ampliar, trocar o forro... Para isso contamos com a colaboração da comunidade e por isso fizemos os cartões a um preço acessível, para ter acolhimento maior das famílias”, justifica a coordenadora do CPC, Cláudia Delfino.

      A coordenadora de Pequenos Grupos, Marina da Silva Caillot, ressalta que a intenção é atender pedido do Papa Francisco de uma Igreja em Saída. “Queremos levar através de Nossa Senhora a igreja até os que não podem vir, os que estão afastados, os doentes, os idosos”. Para a missionária Alfredina Pereira Pinheiro a emoção é muito forte. “Não existe emoção maior do que ir até aquelas pessoas com sérios problemas de saúde, às acamadas, os mais idosos”.

      Na Paróquia São Sebastião/Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida, as novenas ocorrem também de 3 a 11 outubro, sempre às 19 horas. Em cada noite será dada uma bênção específica. A procissão, dia 12, inicia às 14 horas, saindo do Hospital Bom Jesus e terminando no Santuário, com missa celebrada pelo bispo dom Sergio Arthur Braschi.


Diocede Ponta Grossa
São 12 andores que já desde a sexta-feira visitam mais de 144 famílias da região   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os andores foram confeccionados pela própria comunidade e abençoados nesta sexta   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os andores foram confeccionados pela própria comunidade e abençoados nesta sexta   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Após a missa, padre Josimar fez o envio dos missionários com os andores   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
As visitas com a imagem da santa percorrem a comunidade até dia 3 de outubro   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download