DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 16/11/2018

Semana aborda os mundos de atuação dos leigos

Conselho do Laicato detalha áreas que a Igreja sugere ação

 
Oscar Fürstenerger: Oscar Fürstenerger: "debate para oferecer linhas de ação aos leigos" | Crédito:

      O Conselho Diocesano do Laicato realizará a Semana Comemorativa do Ano Nacional do Laicato, entre os dias 19 a 23 deste mês, no Espaço Cultural Sant’Ana, em Ponta Grossa. A discussões se estendem das 19h30 às 21h30, sempre trazendo um convidado diferente. A fala de abertura será feita pelo bispo dom Sergio Arthur Brachi, que abordará mais detalhadamente os ‘areópagos modernos’, citados na parte final do Documento 105 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

      O presidente do Conselho do Laicato na Diocese de Ponta Grossa, Oscar Fürstenberger, comenta que a Semana é um marco de comemoração do Ano Nacional do Laicato, que encerra uma semana antes da Festa de Cristo Rei, dia 25, mas também tem a intenção de deixar linhas de ação em alguns campos estabelecidos. “Seguimos uma sugestão da Comissão Especial do Ano do Laicato da CNBB, que propõe uma semana missionária, uma Igreja em saída, mais complexa em relação a atividades missionária, mas também (sugere) eventos como este. Foi tomado como referencial o Documento 105, principalmente em sua parte final, onde se fala dos areópagos modernos, ou seja, os mundos modernos que a Igreja sugere que os leigos devam atuar”, explica Fürstenberger.

      Conforme o presidente do Conselho do Laicato, essa organização do Documento é que inspirou a Semana. Diferente do proposto pela CNBB, que seriam atividades de domingo a domingo, a Diocese de Ponta Grossa terá cinco eventos, de segunda a sexta-feira, à noite, com aproximadamente duas horas de duração. “Pedimos que dom Sergio fizesse a primeira noite, dando uma visão ampla dos areópagos modernos. Ele que, como bispo, membro da CNBB, participou da aprovação do Documento 105. A partir de terça, escolheu-se quatro dos sete mundos preferenciais apontados pelo Documento: dois afetos diretamente ao Conselho do Laicato, que é o Mundo da Política e o Mundo das Políticas Públicas, que é o tema da Campanha da Fraternidade de 2019”, detalha Oscar Fürstenberger.

      Os outros dois temas ligados a duas pastorais que já exitem na Diocese, a do Mundo do Trabalho, ligado a Pastoral do Mundo do Trabalho, e o Mundo da Educação, ligado a Pastoral da Educação. “Queremos deixar nesses quatro campos linhas de ação, fortalecimento para a ação do laicato. No caso do Mundo da Política, vem se trabalhando com a Escola de Fé e Politica. Participamos de maneira ativa da distribuição e divulgação da Cartilha de Orientação Política do Regional Sul 2 e, agora, encerradas as eleições, com os políticos eleitos, há recomendação também do Documento 105 com relação ao acompanhamento dos mandatos.

      Em relação ao Mundo do Trabalho e o Mundo da Educação a intenção é apoiar as pastorais no sentido que avancem em suas propostas, ressalta Fürstenberger.


Programação

      Na terça-feira, o tema da Semana será o Mundo do Trabalho, com a presença de André Langer, do Centro de Pesquisa e Apoio aos Trabalhadores e Instituto Humanitas Unisinos. Na quarta, o foco vai ser o Mundo das Políticas Públicas, abordado pelas professoras Maria Iolanda de Oliveira e Silmara Carneiro e Silva, do Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Ponta Grossa e, na quinta-feira, o debate vai girar em torno do Mundo da Educação, com a condução de João Felipe Silveira Ribeiro, da Pastoral da Educação do Regional Sul 2.

      Na sexta-feira, a intenção é contar com a presença dos deputados federais eleitos, e que são domiciliados na Diocese de Ponta Grossa: Aliel Machado, Sandro Alex, de Ponta Grossa, e Aline Sleutjes. O assunto será o Mundo da Política. “Nos propusemos a fazer a discussão com os deputados federais eleitos de temas que estão na agenda do Congresso, como a auditoria da dívida pública, reforma da Previdência e a revisão da PEC do teto dos gastos e a reforma trabalhista.

      A participação dos parlamentares eleitos ainda não tinha sido confirmada. “Mesmo eles não estando presentes, vamos manter a programação e trazer a discussão desses temas. O interesse é que vá se caminhando para que, se não for nessa oportunidade, seja em outra, mas que verifiquemos como esses deputados pensam, quais as sugestão que dão, e, se o posicionamento bate com o que a Igreja pensa”.  


  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| ECC festeja seus 50 anos   |   Missa do Crisma reúne padres da diocese   |   Live atinge mais de 10 mil pessoas   |   Missa do Crisma será no feriado   |  





Publicado em: 16/11/2018

Semana aborda os mundos de atuação dos leigos

Conselho do Laicato detalha áreas que a Igreja sugere ação

 

      O Conselho Diocesano do Laicato realizará a Semana Comemorativa do Ano Nacional do Laicato, entre os dias 19 a 23 deste mês, no Espaço Cultural Sant’Ana, em Ponta Grossa. A discussões se estendem das 19h30 às 21h30, sempre trazendo um convidado diferente. A fala de abertura será feita pelo bispo dom Sergio Arthur Brachi, que abordará mais detalhadamente os ‘areópagos modernos’, citados na parte final do Documento 105 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

      O presidente do Conselho do Laicato na Diocese de Ponta Grossa, Oscar Fürstenberger, comenta que a Semana é um marco de comemoração do Ano Nacional do Laicato, que encerra uma semana antes da Festa de Cristo Rei, dia 25, mas também tem a intenção de deixar linhas de ação em alguns campos estabelecidos. “Seguimos uma sugestão da Comissão Especial do Ano do Laicato da CNBB, que propõe uma semana missionária, uma Igreja em saída, mais complexa em relação a atividades missionária, mas também (sugere) eventos como este. Foi tomado como referencial o Documento 105, principalmente em sua parte final, onde se fala dos areópagos modernos, ou seja, os mundos modernos que a Igreja sugere que os leigos devam atuar”, explica Fürstenberger.

      Conforme o presidente do Conselho do Laicato, essa organização do Documento é que inspirou a Semana. Diferente do proposto pela CNBB, que seriam atividades de domingo a domingo, a Diocese de Ponta Grossa terá cinco eventos, de segunda a sexta-feira, à noite, com aproximadamente duas horas de duração. “Pedimos que dom Sergio fizesse a primeira noite, dando uma visão ampla dos areópagos modernos. Ele que, como bispo, membro da CNBB, participou da aprovação do Documento 105. A partir de terça, escolheu-se quatro dos sete mundos preferenciais apontados pelo Documento: dois afetos diretamente ao Conselho do Laicato, que é o Mundo da Política e o Mundo das Políticas Públicas, que é o tema da Campanha da Fraternidade de 2019”, detalha Oscar Fürstenberger.

      Os outros dois temas ligados a duas pastorais que já exitem na Diocese, a do Mundo do Trabalho, ligado a Pastoral do Mundo do Trabalho, e o Mundo da Educação, ligado a Pastoral da Educação. “Queremos deixar nesses quatro campos linhas de ação, fortalecimento para a ação do laicato. No caso do Mundo da Política, vem se trabalhando com a Escola de Fé e Politica. Participamos de maneira ativa da distribuição e divulgação da Cartilha de Orientação Política do Regional Sul 2 e, agora, encerradas as eleições, com os políticos eleitos, há recomendação também do Documento 105 com relação ao acompanhamento dos mandatos.

      Em relação ao Mundo do Trabalho e o Mundo da Educação a intenção é apoiar as pastorais no sentido que avancem em suas propostas, ressalta Fürstenberger.


Programação

      Na terça-feira, o tema da Semana será o Mundo do Trabalho, com a presença de André Langer, do Centro de Pesquisa e Apoio aos Trabalhadores e Instituto Humanitas Unisinos. Na quarta, o foco vai ser o Mundo das Políticas Públicas, abordado pelas professoras Maria Iolanda de Oliveira e Silmara Carneiro e Silva, do Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Ponta Grossa e, na quinta-feira, o debate vai girar em torno do Mundo da Educação, com a condução de João Felipe Silveira Ribeiro, da Pastoral da Educação do Regional Sul 2.

      Na sexta-feira, a intenção é contar com a presença dos deputados federais eleitos, e que são domiciliados na Diocese de Ponta Grossa: Aliel Machado, Sandro Alex, de Ponta Grossa, e Aline Sleutjes. O assunto será o Mundo da Política. “Nos propusemos a fazer a discussão com os deputados federais eleitos de temas que estão na agenda do Congresso, como a auditoria da dívida pública, reforma da Previdência e a revisão da PEC do teto dos gastos e a reforma trabalhista.

      A participação dos parlamentares eleitos ainda não tinha sido confirmada. “Mesmo eles não estando presentes, vamos manter a programação e trazer a discussão desses temas. O interesse é que vá se caminhando para que, se não for nessa oportunidade, seja em outra, mas que verifiquemos como esses deputados pensam, quais as sugestão que dão, e, se o posicionamento bate com o que a Igreja pensa”.  


Diocede Ponta Grossa
Oscar Fürstenerger: "debate para oferecer linhas de ação aos leigos"   |  


Navegue até a sua Paróquia