DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 24/11/2018

Diocese ganha sua Casa de Evangelização

Movimentos e pastorais já podem agendar eventos para 2019

 
A Casa de Evangelização, ainda sem estar terminada, foi usada na reunião do Conselho Diocesano de Evangelização já no ano passado A Casa de Evangelização, ainda sem estar terminada, foi usada na reunião do Conselho Diocesano de Evangelização já no ano passado | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      Mais que uma necessidade. Um sonho. A Casa Diocesana de Evangelização São Paulo Apóstolo será finalmente inaugurada, depois de quatro anos. Neste domingo (25), o que era para ser um espaço próprio para as reuniões do Movimento Cursilho da Cristandade se transformou em um local para servir todos os movimentos, associações e pastorais da Diocese de Ponta Grossa em suas formações. Às 15 horas, o bispo dom Sergio Arthur Braschi celebra a Santa Eucaristia, com a bênção da capela, dedicação do altar e a inauguração oficial da Casa.

      “Nós temos várias casas de retiro pertencentes a congregações religiosas, mas não tínhamos uma casa que pudesse hospedar retiros, cursos de formação que pertencesse a Diocese e, graças a Deus, estaremos, no dia de Cristo Rei, inaugurando a que servirá para todas as pastorais, movimentos, associações para seus cursos, formações. Será motivo de grande alegria (a inauguração) no dia da vocação do leigo e da leiga. E a casa servirá basicamente para fomentar sempre mais a formação do laicato consciente e missionário”, destaca o bispo, referindo-se ao Dia do Leigo. A Festa de Cristo Rei também marca o enceramento do Ano Nacional do Laicato.

      Cléia Falcão, diretora administrativa do Instituto São Paulo Apóstolo, que fará a gestão da Casa, conta que as obras terminaram em maio. “Estamos trabalhando, agora, na (obtenção da) mobília, que deve estar pronta para uso até o final deste ano”, informa, lembrando que será preciso o agendamento com antecedência. O espaço está preparado para servir 150 pessoas, com pernoite, e 120 para eventos de um dia. “A custo de manutenção, já que temos água, luz e limpeza”, acrescenta. Os valores variam de R$ 25 por pessoa/dia, se for com pernoite, e R$ 15 o dia por pessoa. A Casa de Evangelização fica na Vila Santa Tereza, no Bairro Santa Maria, em Ponta Grossa, tem 1.495 metros, distribuídos em recepção, capela, sala de mensagens, cozinhas, quartos e banheiros comunitários, tudo adaptado para pessoas portadores de necessidades especiais.

      A ideia surgiu, segundo Cléia, depois que ela e o marido, o diácono Carlos Henrique Falcão, fizeram o Cursilho. “Ficamos empenhados, apaixonados pelo Movimento. Ele (o marido)  foi várias vezes coordenador do Cursilho e sofria muito com a falta de um espaço próprio, tendo que se submeter aos outros, quanto a preços e exigências. Como as coisas não são como a gente planeja mas como Deus quer, ele faleceu em 2008. Mesmo assim, eu continuei com isso na cabeça. E o que é de Deus flui. Fui falando com algumas pessoas; com graça de Deus, o bispo abraçou a iniciativa, os padres foram aderindo, o povo colaborou, doou. Hoje, a sensação é de dever cumprido”, comemora.  


  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Piraí se prepara para festejar Nossa Senhora das Brotas | Paroquianos do Santa Paula ganham nova capela | Padre Agostinho festeja seu jubileu de ouro | Presépio evangeliza e encanta |





Publicado em: 24/11/2018

Diocese ganha sua Casa de Evangelização

Movimentos e pastorais já podem agendar eventos para 2019

 

      Mais que uma necessidade. Um sonho. A Casa Diocesana de Evangelização São Paulo Apóstolo será finalmente inaugurada, depois de quatro anos. Neste domingo (25), o que era para ser um espaço próprio para as reuniões do Movimento Cursilho da Cristandade se transformou em um local para servir todos os movimentos, associações e pastorais da Diocese de Ponta Grossa em suas formações. Às 15 horas, o bispo dom Sergio Arthur Braschi celebra a Santa Eucaristia, com a bênção da capela, dedicação do altar e a inauguração oficial da Casa.

      “Nós temos várias casas de retiro pertencentes a congregações religiosas, mas não tínhamos uma casa que pudesse hospedar retiros, cursos de formação que pertencesse a Diocese e, graças a Deus, estaremos, no dia de Cristo Rei, inaugurando a que servirá para todas as pastorais, movimentos, associações para seus cursos, formações. Será motivo de grande alegria (a inauguração) no dia da vocação do leigo e da leiga. E a casa servirá basicamente para fomentar sempre mais a formação do laicato consciente e missionário”, destaca o bispo, referindo-se ao Dia do Leigo. A Festa de Cristo Rei também marca o enceramento do Ano Nacional do Laicato.

      Cléia Falcão, diretora administrativa do Instituto São Paulo Apóstolo, que fará a gestão da Casa, conta que as obras terminaram em maio. “Estamos trabalhando, agora, na (obtenção da) mobília, que deve estar pronta para uso até o final deste ano”, informa, lembrando que será preciso o agendamento com antecedência. O espaço está preparado para servir 150 pessoas, com pernoite, e 120 para eventos de um dia. “A custo de manutenção, já que temos água, luz e limpeza”, acrescenta. Os valores variam de R$ 25 por pessoa/dia, se for com pernoite, e R$ 15 o dia por pessoa. A Casa de Evangelização fica na Vila Santa Tereza, no Bairro Santa Maria, em Ponta Grossa, tem 1.495 metros, distribuídos em recepção, capela, sala de mensagens, cozinhas, quartos e banheiros comunitários, tudo adaptado para pessoas portadores de necessidades especiais.

      A ideia surgiu, segundo Cléia, depois que ela e o marido, o diácono Carlos Henrique Falcão, fizeram o Cursilho. “Ficamos empenhados, apaixonados pelo Movimento. Ele (o marido)  foi várias vezes coordenador do Cursilho e sofria muito com a falta de um espaço próprio, tendo que se submeter aos outros, quanto a preços e exigências. Como as coisas não são como a gente planeja mas como Deus quer, ele faleceu em 2008. Mesmo assim, eu continuei com isso na cabeça. E o que é de Deus flui. Fui falando com algumas pessoas; com graça de Deus, o bispo abraçou a iniciativa, os padres foram aderindo, o povo colaborou, doou. Hoje, a sensação é de dever cumprido”, comemora.  


Diocede Ponta Grossa
A Casa de Evangelização, ainda sem estar terminada, foi usada na reunião do Conselho Diocesano de Evangelização já no ano passado   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download