DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 02/12/2018

Padres ouvem especialista sobre Ideologia de Gênero

Tema foi abordado junto ao Grupo de Reflexão da Diocese

 
Sacerdotes e religiosos de diversas paróquias acompanharam a fala do padre Solano Sacerdotes e religiosos de diversas paróquias acompanharam a fala do padre Solano | Crédito: Rodrigo Ribas

      O grupo de reflexão teológica da Diocese de Ponta Grossa promoveu, nesta sexta-feira (30), um encontro do clero com o padre José Rafael Solano Durán, pároco da Catedral Metropolitana de Londrina, mestre e doutor em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e pós-doutorado em Teologia Moral e Familiar pelo Pontifício Instituto João Paulo II de Roma, Universidade Lateranense de Roma. O padre falou ao bispo dom Sergio Arthur Braschi, sacerdotes, diáconos permanentes e seminaristas sobre Ideologia de Gênero.

      O padre Solano atua como consultor da CNBB Regional Sul 2 , Setor Vida e Família; como professor de Teologia Moral e Bioética na PUC do Paraná, campus Londrina. Para padre Solano, discutir o tema, hoje, é muito mais que uma necessidade, é uma urgência. “Porque estamos enfrentando uma situação que, para nós, é completamente desconhecida. Se engana quem pensa que sabe tudo a respeito da Ideologia de Gênero. Estamos tendo uma mudança muito séria no conceito da pessoa humana. Ao mudar o conceito da pessoa humana e a sua definição mudam também as fronteiras que essa pessoa tem de enfrentar”, disse. “Nós podemos ver com clareza que hoje, por exemplo, quando se fala de homem e mulher não temos a mesma definição, que tinha há 30 anos. A Agenda de Gênero, a Ideologia de Gênero como tratar esse tema? Aos poucos vamos nos introduzindo nesse ambiente”, comentou.

      Sobre a abordagem do tema pelos sacerdotes e diáconos, padre Solano considerou a iniciativa extremamente válida. “É muito importante que nós, membros do clero, tenhamos suficiente capacidade para definir o tema, porque o tema não está definido. O clero muitas vezes pensa que sabe a esse respeito, mas não sabemos nem o ‘bê a bá’ da situação. Então, é importantíssimo sentar, analisar, definir os parâmetros dos conceitos sobre a Ideologia de Gênero. (Isso aqui é) apenas um empurrãozinho. Daqui para frente, cada um de nós tem muita coisa a aprofundar, estar buscando”, orientou.

      Um dos promotores do encontro, padre Marcelo do Carmo, argumentou que a intenção foi evitar que os padres deem orientações pastorais fundamentadas na força teológica e, especialmente, não corram o risco de dar pareceres equivocados, na boa fé, confiando apenas na memória. “Formou-se um grupo de reflexão teológica movido por vontade de alguns padres com a intenção de promover momentos de estudo, sobre um assunto que nos provocam no diálogo, no debate público, para que tenhamos condições de sermos, principalmente, muito proféticos no sentido de que é a palavra da Igreja, mas de não confiarmos somente na nossa memória teológica, mas termos o frescor uma teologia mais atualizada”, justificou.

      O grupo é aberto a todos os padres que quiserem participar dos encontros. O primeiro, em julho, discutiu o contexto do voto, sua dimensão consciente e como poderiam trabalhar melhor a Cartilha de Orientação Política da CNBB. A reflexão foi conduzida pelo padre Jaime Rossa, vigário geral da Diocese e professor de Doutrina Social da igreja e Teologia Moral.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Piraí se prepara para festejar Nossa Senhora das Brotas | Paroquianos do Santa Paula ganham nova capela | Padre Agostinho festeja seu jubileu de ouro | Presépio evangeliza e encanta |





Publicado em: 02/12/2018

Padres ouvem especialista sobre Ideologia de Gênero

Tema foi abordado junto ao Grupo de Reflexão da Diocese

 

      O grupo de reflexão teológica da Diocese de Ponta Grossa promoveu, nesta sexta-feira (30), um encontro do clero com o padre José Rafael Solano Durán, pároco da Catedral Metropolitana de Londrina, mestre e doutor em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e pós-doutorado em Teologia Moral e Familiar pelo Pontifício Instituto João Paulo II de Roma, Universidade Lateranense de Roma. O padre falou ao bispo dom Sergio Arthur Braschi, sacerdotes, diáconos permanentes e seminaristas sobre Ideologia de Gênero.

      O padre Solano atua como consultor da CNBB Regional Sul 2 , Setor Vida e Família; como professor de Teologia Moral e Bioética na PUC do Paraná, campus Londrina. Para padre Solano, discutir o tema, hoje, é muito mais que uma necessidade, é uma urgência. “Porque estamos enfrentando uma situação que, para nós, é completamente desconhecida. Se engana quem pensa que sabe tudo a respeito da Ideologia de Gênero. Estamos tendo uma mudança muito séria no conceito da pessoa humana. Ao mudar o conceito da pessoa humana e a sua definição mudam também as fronteiras que essa pessoa tem de enfrentar”, disse. “Nós podemos ver com clareza que hoje, por exemplo, quando se fala de homem e mulher não temos a mesma definição, que tinha há 30 anos. A Agenda de Gênero, a Ideologia de Gênero como tratar esse tema? Aos poucos vamos nos introduzindo nesse ambiente”, comentou.

      Sobre a abordagem do tema pelos sacerdotes e diáconos, padre Solano considerou a iniciativa extremamente válida. “É muito importante que nós, membros do clero, tenhamos suficiente capacidade para definir o tema, porque o tema não está definido. O clero muitas vezes pensa que sabe a esse respeito, mas não sabemos nem o ‘bê a bá’ da situação. Então, é importantíssimo sentar, analisar, definir os parâmetros dos conceitos sobre a Ideologia de Gênero. (Isso aqui é) apenas um empurrãozinho. Daqui para frente, cada um de nós tem muita coisa a aprofundar, estar buscando”, orientou.

      Um dos promotores do encontro, padre Marcelo do Carmo, argumentou que a intenção foi evitar que os padres deem orientações pastorais fundamentadas na força teológica e, especialmente, não corram o risco de dar pareceres equivocados, na boa fé, confiando apenas na memória. “Formou-se um grupo de reflexão teológica movido por vontade de alguns padres com a intenção de promover momentos de estudo, sobre um assunto que nos provocam no diálogo, no debate público, para que tenhamos condições de sermos, principalmente, muito proféticos no sentido de que é a palavra da Igreja, mas de não confiarmos somente na nossa memória teológica, mas termos o frescor uma teologia mais atualizada”, justificou.

      O grupo é aberto a todos os padres que quiserem participar dos encontros. O primeiro, em julho, discutiu o contexto do voto, sua dimensão consciente e como poderiam trabalhar melhor a Cartilha de Orientação Política da CNBB. A reflexão foi conduzida pelo padre Jaime Rossa, vigário geral da Diocese e professor de Doutrina Social da igreja e Teologia Moral.


Diocede Ponta Grossa
Sacerdotes e religiosos de diversas paróquias acompanharam a fala do padre Solano   |   Rodrigo Ribas

Diocede Ponta Grossa
Sacerdotes e religiosos de diversas paróquias acompanharam a fala do padre Solano   |   Rodrigo Ribas

Diocede Ponta Grossa
Padre Solano falou durante toda a manhã aos padres, diáconos e seminaristas. O bispo dom Sergio acompanhou a reflexão   |   Rodrigo Ribas

Diocede Ponta Grossa
A organização do encontro ficou a cargo de padre Marcelo do Carmo   |   Rodrigo Ribas


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download