DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 28/02/2019

Missa de cinzas na madrugada abre Quaresma

Paróquia São José realiza vigília a partir das 22h30 na terça

 
Padre Wagner realiza  as missas de Cura e Libertação desde agosto do ano passado Padre Wagner realiza as missas de Cura e Libertação desde agosto do ano passado | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      Pensando em preparar espiritualmente o cristão católico para o tempo de Quaresma e também para o próximo Cerco de Jericó, que acontecerá durante as sete quintas-feiras do Tempo Pascal, acontecerá na Paróquia São José/Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Ponta Grossa, na próxima terça-feira (5) vigília, a partir das 22h30, e missa de cura e libertação, às 3 horas, já do dia 6, com a distribuição de cinzas.

      O vigário da São José, padre Wagner Oliveira da Silva, a ideia surgiu a partir da experiência vivida no primeiro Cerco de Jericó realizado durante sete quintas-feiras depois do domingo de Páscoa, em 2018, no Santuário. “Houve uma grande participação de pessoas das várias regiões da cidade durante as celebrações e, como consequência, após o término do Cerco deu-se início às missas mensais na intenção de Cura e Libertação. A partir daí viu-se a necessidade de haver neste ano de 2019 uma preparação espiritual intensa para o próximo Cerco. Surgiu então a ideia da vigília na madrugada da Quarta-Feira de Cinzas”, argumenta o padre.   

      Conforme o vigário, a data foi escolhida por ser um momento forte de espiritualidade e conversão. “A vigília e celebração estão voltadas para todos aqueles que desejam fazer uma experiência de encontro com a graça de Deus, vivendo esta santa madrugada de bênçãos. A vigília terá início às 22h30 da terça-feira e seguirá durante toda a madrugada, com momentos fortes de oração. Haverá, durante toda a noite, atendimentos conduzidos pelo Ministério de Cura e Libertação. Às 3 horas da manhã, terá início a Santa Missa na intenção de Cura e Libertação, com a distribuição de cinzas.

      Não há taxa de participação na vigília. O santuário oferecerá um lanche durante a noite.


  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
|





Publicado em: 28/02/2019

Missa de cinzas na madrugada abre Quaresma

Paróquia São José realiza vigília a partir das 22h30 na terça

 

      Pensando em preparar espiritualmente o cristão católico para o tempo de Quaresma e também para o próximo Cerco de Jericó, que acontecerá durante as sete quintas-feiras do Tempo Pascal, acontecerá na Paróquia São José/Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Ponta Grossa, na próxima terça-feira (5) vigília, a partir das 22h30, e missa de cura e libertação, às 3 horas, já do dia 6, com a distribuição de cinzas.

      O vigário da São José, padre Wagner Oliveira da Silva, a ideia surgiu a partir da experiência vivida no primeiro Cerco de Jericó realizado durante sete quintas-feiras depois do domingo de Páscoa, em 2018, no Santuário. “Houve uma grande participação de pessoas das várias regiões da cidade durante as celebrações e, como consequência, após o término do Cerco deu-se início às missas mensais na intenção de Cura e Libertação. A partir daí viu-se a necessidade de haver neste ano de 2019 uma preparação espiritual intensa para o próximo Cerco. Surgiu então a ideia da vigília na madrugada da Quarta-Feira de Cinzas”, argumenta o padre.   

      Conforme o vigário, a data foi escolhida por ser um momento forte de espiritualidade e conversão. “A vigília e celebração estão voltadas para todos aqueles que desejam fazer uma experiência de encontro com a graça de Deus, vivendo esta santa madrugada de bênçãos. A vigília terá início às 22h30 da terça-feira e seguirá durante toda a madrugada, com momentos fortes de oração. Haverá, durante toda a noite, atendimentos conduzidos pelo Ministério de Cura e Libertação. Às 3 horas da manhã, terá início a Santa Missa na intenção de Cura e Libertação, com a distribuição de cinzas.

      Não há taxa de participação na vigília. O santuário oferecerá um lanche durante a noite.


Diocede Ponta Grossa
Padre Wagner realiza as missas de Cura e Libertação desde agosto do ano passado   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia