DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 25/03/2019

Candidatos a diácono instituídos no Leitorato

Celebração reuniu fieis de 21 paróquias da Diocese

 
Os 47 candidatos a diácono iniciaram suas formações em 2015 na Escola Santo Estevão Os 47 candidatos a diácono iniciaram suas formações em 2015 na Escola Santo Estevão | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      Providenciando a data da solenidade da Anunciação do Senhor, 47 candidatos a diáconos foram instituídos no Ministério do Leitorato. A Sunday surgiu neste domingo (24), na Catedral Sant’Ana, que recebeu fieis de toda uma região, o bispo de Sergio Arthur Braschi e os párocos das 21 paróquias da Diocese de Ponta Grossa. Como definem uma Carta Apostólica do Papa Paulo VI, uma instituição institucional, que em alguns anos, alguns ministérios, com o objetivo de tornar o cidadão culto e de prestar serviços aos povo de Deus, segundo as suas necessidades. Por meio deles, os ministérios foram confiados às funções da liturgia sagrada e da caridade, que prevaleceram no exercício da conduta de saúde nas diversas circunstâncias.

      O bispo dom Sérgio, com a missão de divulgar e divulgar as mensagens, destacou-se que os prodígios de Deus são sustentados pela Palavra, Sagrada Escritura. “O ministério instituído hoje é para sempre. Não é um sacramento, mas uma instituição de importância. Que assim como o anjo anunciou a Maria dos homens por intermédio da encarnação do Verbo Divino, assim também vocês, agora como leitores, podem levar uma boa notícia a todos. Leitores são muito mais que os proclamadores da Palavra, estão a serviço da fé, por onde se chega ao conhecimento do Pai e, assim, à salvação ”, afirmou. O grupo de candidatos a diáconos foi, inicialmente, nominado, hum a um. Em seguida, dom Sérgio entregou, simbolicamente, o livro da Sagrada Escritura, a cada um deles, dizendo:

      Para Evaldo Sebastião Lopes, da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, de Tibagi, o sentimento era de grande responsabilidade. Assim proclamar a Palavra, também vive-la. Fazer com que seja a próxima a questão da Palavra de Deus ”, comentou, citando uma grande expectativa para as fases imediatas. Ainda em fase inicial e última etapa da formação; em setembro, acontece a instituição do acolitato; no começo do ano, o retiro canônico, o direito às ordens sacras e a ordenação. “A sociedade aumenta a capacidade de ser representada na Palavra de Deus na comunidade”, frisou.

      Padre Mário Dwulatka, coordenador da Escola Diaconal, dizia que era uma época de alegria, felicidade e realização. “Por essa turma tão grande, que é por 52 candidatos. Temos mais cinco em espera. É um momento muito importante, afinal, foi instituído para não deixar uma palavra parada. Continue a correndo, continue sendo anunciada no coração das pessoas para que possam se manter seguras na sua vida. É que a encontramos o caminho, a verdadeira e a vida

      Os diáconos estão sendo preparados pela Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes da Diocese de Ponta Grossa, que completou 20 anos em janeiro. A formação tem, ao todo, dez etapas e dura cinco anos. Nesta turma 2015-2019, eram 54 candidatos, de 11 cidades e 21 paróquias da Diocese: Sant’Ana (Castro), São Jorge, Menino Jesus (Reserva), Imaculada Conceição (Carambeí), Nossa Senhora Medianeira, São Judas Tadeu, Nossa Senhora do Rosário, São Pedro e São Paulo (Telêmaco Borba), Nossa Senhora dos Remédios (Tibagi), Sant’Ana (Ponta Grossa), Nossa Senhora de Fátima (Telêmaco Borba), Senhor Menino Deus (Piraí do Sul) , Menino Jesus (Guamiranga), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Irati), São Pedro Apóstolo (Ponta Grossa), Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora de Fátima, São Miguel (Irati),

      Como as crianças acontecem por meio de módulos: um em janeiro e outro em julho. A ordenação acontece a partir de 2020, no sétimo ano da formação.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
|





Publicado em: 25/03/2019

Candidatos a diácono instituídos no Leitorato

Celebração reuniu fieis de 21 paróquias da Diocese

 

      Providenciando a data da solenidade da Anunciação do Senhor, 47 candidatos a diáconos foram instituídos no Ministério do Leitorato. A Sunday surgiu neste domingo (24), na Catedral Sant’Ana, que recebeu fieis de toda uma região, o bispo de Sergio Arthur Braschi e os párocos das 21 paróquias da Diocese de Ponta Grossa. Como definem uma Carta Apostólica do Papa Paulo VI, uma instituição institucional, que em alguns anos, alguns ministérios, com o objetivo de tornar o cidadão culto e de prestar serviços aos povo de Deus, segundo as suas necessidades. Por meio deles, os ministérios foram confiados às funções da liturgia sagrada e da caridade, que prevaleceram no exercício da conduta de saúde nas diversas circunstâncias.

      O bispo dom Sérgio, com a missão de divulgar e divulgar as mensagens, destacou-se que os prodígios de Deus são sustentados pela Palavra, Sagrada Escritura. “O ministério instituído hoje é para sempre. Não é um sacramento, mas uma instituição de importância. Que assim como o anjo anunciou a Maria dos homens por intermédio da encarnação do Verbo Divino, assim também vocês, agora como leitores, podem levar uma boa notícia a todos. Leitores são muito mais que os proclamadores da Palavra, estão a serviço da fé, por onde se chega ao conhecimento do Pai e, assim, à salvação ”, afirmou. O grupo de candidatos a diáconos foi, inicialmente, nominado, hum a um. Em seguida, dom Sérgio entregou, simbolicamente, o livro da Sagrada Escritura, a cada um deles, dizendo:

      Para Evaldo Sebastião Lopes, da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, de Tibagi, o sentimento era de grande responsabilidade. Assim proclamar a Palavra, também vive-la. Fazer com que seja a próxima a questão da Palavra de Deus ”, comentou, citando uma grande expectativa para as fases imediatas. Ainda em fase inicial e última etapa da formação; em setembro, acontece a instituição do acolitato; no começo do ano, o retiro canônico, o direito às ordens sacras e a ordenação. “A sociedade aumenta a capacidade de ser representada na Palavra de Deus na comunidade”, frisou.

      Padre Mário Dwulatka, coordenador da Escola Diaconal, dizia que era uma época de alegria, felicidade e realização. “Por essa turma tão grande, que é por 52 candidatos. Temos mais cinco em espera. É um momento muito importante, afinal, foi instituído para não deixar uma palavra parada. Continue a correndo, continue sendo anunciada no coração das pessoas para que possam se manter seguras na sua vida. É que a encontramos o caminho, a verdadeira e a vida

      Os diáconos estão sendo preparados pela Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes da Diocese de Ponta Grossa, que completou 20 anos em janeiro. A formação tem, ao todo, dez etapas e dura cinco anos. Nesta turma 2015-2019, eram 54 candidatos, de 11 cidades e 21 paróquias da Diocese: Sant’Ana (Castro), São Jorge, Menino Jesus (Reserva), Imaculada Conceição (Carambeí), Nossa Senhora Medianeira, São Judas Tadeu, Nossa Senhora do Rosário, São Pedro e São Paulo (Telêmaco Borba), Nossa Senhora dos Remédios (Tibagi), Sant’Ana (Ponta Grossa), Nossa Senhora de Fátima (Telêmaco Borba), Senhor Menino Deus (Piraí do Sul) , Menino Jesus (Guamiranga), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Irati), São Pedro Apóstolo (Ponta Grossa), Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora de Fátima, São Miguel (Irati),

      Como as crianças acontecem por meio de módulos: um em janeiro e outro em julho. A ordenação acontece a partir de 2020, no sétimo ano da formação.


Diocede Ponta Grossa
Os 47 candidatos a diácono iniciaram suas formações em 2015 na Escola Santo Estevão   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A celebração de instituição do Ministério do Leitorato lotou a Catedral, com gente de toda a Diocese   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O bispo dom Sergio teve a compania no altar dos párocos de diferentes comunidades   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os candidatos a diácono vieram de de 11 cidades e 21 paróquias da Diocese   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia