DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 26/07/2019

Escola de Diáconos encerra última fase

Aulas dos 47 candidatos vão até este sábado

 
 Os candidatos receberão o Ministério do Acolitato em setembro Os candidatos receberão o Ministério do Acolitato em setembro | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      Neste sábado (27), termina a décima e última etapa de formação da Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes da Diocese de Ponta Grossa. 52 homens estão concluindo a formação. 47 deles receberam, em março, o Ministério do Leitorato, se preparam para receber o Ministério do Acolitato, em setembro, e para participar do retiro canônico, programado para o final de janeiro. As ordenações começam em fevereiro.  A formação tem, ao todo, dez etapas e dura cinco anos. Nesta turma 2015-2019, eram 54 candidatos, de 11 cidades e 21 paróquias da Diocese.

      De acordo com padre Mário Dwulatka, coordenador da Escola Diaconal, além dos 47 candidatos, outros cinco aguardarão um pouco mais: precisam aprofundar algum aspecto, ter crescimento na formação, mas, devem ser ordenados posteriormente, segundo o padre. “A Escola, depois da ordenação dessa turma, vai superar 120 diáconos permanentes formados na Diocese. É um grande número de pessoas formadas para apresentar cada vez mais a Igreja servidora ao povo do Deus. Estamos muito felizes com a Escola Diaconal e a formação que eles recebem porque, nas comunidades, eles estão sendo muito bem aceitos pelo povo”, comentou o coordenador. A Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes completou 20 anos em janeiro.

      A turma é formada por candidatos a diáconos das paróquias Sant’Ana (Castro), São Jorge, Menino Jesus (Reserva), Imaculada Conceição (Carambeí), Nossa Senhora Medianeira,  São Judas Tadeu, Nossa Senhora do Rosário (Castro), São Pedro e São  Paulo (Telêmaco Borba), Nossa Senhora dos Remédios (Tibagi), Sant’Ana (Ponta Grossa), Nossa Senhora de Fátima (Telêmaco Borba), Senhor Menino Deus (Piraí do Sul), Menino Jesus (Guamiranga), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Irati), São Pedro Apóstolo (Ponta Grossa), Nossa Senhora do Pilar,  Nossa Senhora de Fátima, São Miguel (Irati), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro  (Castro), Cristo Rei (Ivaí) e Espírito Santo. As aulas acontecem por módulos: um em janeiro e outro em julho.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Live atinge mais de 10 mil pessoas   |   Missa do Crisma será no feriado   |   Catedral faz festa pelos seus 197 anos   |   Missa online vai ‘conectar’ jovens   |  





Publicado em: 26/07/2019

Escola de Diáconos encerra última fase

Aulas dos 47 candidatos vão até este sábado

 

      Neste sábado (27), termina a décima e última etapa de formação da Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes da Diocese de Ponta Grossa. 52 homens estão concluindo a formação. 47 deles receberam, em março, o Ministério do Leitorato, se preparam para receber o Ministério do Acolitato, em setembro, e para participar do retiro canônico, programado para o final de janeiro. As ordenações começam em fevereiro.  A formação tem, ao todo, dez etapas e dura cinco anos. Nesta turma 2015-2019, eram 54 candidatos, de 11 cidades e 21 paróquias da Diocese.

      De acordo com padre Mário Dwulatka, coordenador da Escola Diaconal, além dos 47 candidatos, outros cinco aguardarão um pouco mais: precisam aprofundar algum aspecto, ter crescimento na formação, mas, devem ser ordenados posteriormente, segundo o padre. “A Escola, depois da ordenação dessa turma, vai superar 120 diáconos permanentes formados na Diocese. É um grande número de pessoas formadas para apresentar cada vez mais a Igreja servidora ao povo do Deus. Estamos muito felizes com a Escola Diaconal e a formação que eles recebem porque, nas comunidades, eles estão sendo muito bem aceitos pelo povo”, comentou o coordenador. A Escola Santo Estevão de Formação de Diáconos Permanentes completou 20 anos em janeiro.

      A turma é formada por candidatos a diáconos das paróquias Sant’Ana (Castro), São Jorge, Menino Jesus (Reserva), Imaculada Conceição (Carambeí), Nossa Senhora Medianeira,  São Judas Tadeu, Nossa Senhora do Rosário (Castro), São Pedro e São  Paulo (Telêmaco Borba), Nossa Senhora dos Remédios (Tibagi), Sant’Ana (Ponta Grossa), Nossa Senhora de Fátima (Telêmaco Borba), Senhor Menino Deus (Piraí do Sul), Menino Jesus (Guamiranga), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Irati), São Pedro Apóstolo (Ponta Grossa), Nossa Senhora do Pilar,  Nossa Senhora de Fátima, São Miguel (Irati), Nossa Senhora do Perpétuo Socorro  (Castro), Cristo Rei (Ivaí) e Espírito Santo. As aulas acontecem por módulos: um em janeiro e outro em julho.


Diocede Ponta Grossa
Os candidatos receberão o Ministério do Acolitato em setembro   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
As aulas acontecem por módulos: um em janeiro e outro em julho   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia