DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 23/09/2019

Diocese presente na Assembleia do Povo de Deus

Além de dom Sergio, mais quatro pessoas participaram em Curitiba

 
Em 2017, o bispo dom Sergio fez uma fala durante a abertura da Assembleia do Povo de Deus Em 2017, o bispo dom Sergio fez uma fala durante a abertura da Assembleia do Povo de Deus | Crédito: Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

      O bispo dom Sergio Arthur Braschi, padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora; Flávia Carla Nascimento, da coordenação diocesana da Pastoral de Animação Bíblico-Catequética; o diácono Gilson Camilo da Silva, presidente da Cáritas, e padre Álvaro Martins Nortok, da Pastoral da Liturgia, participaram, entre os dias 20 e 22 deste mês, na Casa de Retiros Nossa Senhora do Mossungue, em Curitiba, da 40ª Assembleia do Povo de Deus do Regional Sul 2 da CNBB. Este ano, o tema central será ‘Diretrizes 2019 a 2023: Comunidade Eclesial Missionária’, com a assessoria de dom Leomar Antônio Brustolin, bispo auxiliar de Porto Alegre (RS).

     Padre Joel explica que ele e o bispo, pela função que exercem, estavam automaticamente convocados e que os demais participantes foram definidos por representarem os pilares da ação evangelizadora apontados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB):  Iniciação à Vida Cristã (Catequese),  Pão (Liturgia) e Caridade ou pastorais sociais (Càritas). Padre Joel cita que a Assembleia do Povo de Deus define uma prioridade para o Paraná dentro da mesma iluminação das novas diretrizes que a CNBB já aprovou. “E esta prioridade do Paraná nós precisamos anexar no nosso plano diocesano de pastoral. Ao que se sabe, a presidência da CNBB já sinalizou que a prioridade no Regional deve ser a Iniciação à Vida Cristã. Os outros pilares devem ser trabalhados como consequência disso”, adianta o coordenador.

      De acordo com padre Joel, quem participa da Assembleia acaba com a função de ajudar a incorporar na ação diocesana o que for assumido pelo Regional. “Quem vai, não deixa de ser um multiplicador, alguém que ajuda os coordenadores de movimentos e pastorais e lideranças a entenderem que atitudes, que postura será assumida para que estejamos em sintonia com todas as dioceses do Paraná e estejamos colocando em prática juntos as diretrizes da ação evangelizadora”, acrescenta o padre. Segundo dom Geremias Steinmetz, arcebispo de Londrina e presidente do Regional Sul 2, a Assembleia quer atualizar os trabalhos com as diretrizes gerais da CNBB de 2019 a 2023. “Renovar para pensar as atividades, os trabalhos e respostas que melhor convenham a partir do pensamento das diretrizes gerais, e, assim nos prepararmos para mais quatro anos de caminhada”.

      Durante a Assembleia do Povo de Deus será feito o lançamento de uma Ação Missionária que envolverá toda a Igreja do Paraná no projeto da construção de uma escola para a Missão São Paulo VI, na Guiné-Bissau, África.


 Apresentação

      No dia 28, na Paróquia Santa Teresinha, em Ponta Grossa, das 8h30 às 12 horas, acontecerá reunião com coordenadores de movimentos e pastorais, um representante por paróquia da Diocese, para a apresentação do Plano de Ação Evangelizadora para os próximos quatro anos. “Serão perto de 60 pessoas e, quem for vir, tem de ter participado da Assembleia Diocesana do dia 24 de agosto. Elas vão tomar conhecimento do que a Diocese vai assumir e vamos também apresentar o que vai ser assumido enquanto Regional”, informa padre Joel, citando que os participantes ficarão responsáveis por esclarecer os fieis nas paroquias.

      A apresentação do plano de pastoral diocesano acontece, conforme padre Joel, depois de feita a reflexão, definidos o lema bíblico e os pilares, e, serem escritas e formatadas as diretrizes. “O que estiver já pronto estará sendo apresentado. As pessoas terão a função de levarem as suas comunidades, com a missão de divulgar e fazerem com que as assembleias paroquias aconteçam de acordo com o que já foi definido”, orienta o coordenador diocesano da Ação Evangelizadora.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Bispo abençoa presépio dos Arautos   |   Festa faz resgate histórico   |   Diocese envia missionários à Amazônia   |   “Viver a vocação como uma constante missão”   |  





Publicado em: 23/09/2019

Diocese presente na Assembleia do Povo de Deus

Além de dom Sergio, mais quatro pessoas participaram em Curitiba

 

      O bispo dom Sergio Arthur Braschi, padre Joel Nalepa, coordenador diocesano da Ação Evangelizadora; Flávia Carla Nascimento, da coordenação diocesana da Pastoral de Animação Bíblico-Catequética; o diácono Gilson Camilo da Silva, presidente da Cáritas, e padre Álvaro Martins Nortok, da Pastoral da Liturgia, participaram, entre os dias 20 e 22 deste mês, na Casa de Retiros Nossa Senhora do Mossungue, em Curitiba, da 40ª Assembleia do Povo de Deus do Regional Sul 2 da CNBB. Este ano, o tema central será ‘Diretrizes 2019 a 2023: Comunidade Eclesial Missionária’, com a assessoria de dom Leomar Antônio Brustolin, bispo auxiliar de Porto Alegre (RS).

     Padre Joel explica que ele e o bispo, pela função que exercem, estavam automaticamente convocados e que os demais participantes foram definidos por representarem os pilares da ação evangelizadora apontados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB):  Iniciação à Vida Cristã (Catequese),  Pão (Liturgia) e Caridade ou pastorais sociais (Càritas). Padre Joel cita que a Assembleia do Povo de Deus define uma prioridade para o Paraná dentro da mesma iluminação das novas diretrizes que a CNBB já aprovou. “E esta prioridade do Paraná nós precisamos anexar no nosso plano diocesano de pastoral. Ao que se sabe, a presidência da CNBB já sinalizou que a prioridade no Regional deve ser a Iniciação à Vida Cristã. Os outros pilares devem ser trabalhados como consequência disso”, adianta o coordenador.

      De acordo com padre Joel, quem participa da Assembleia acaba com a função de ajudar a incorporar na ação diocesana o que for assumido pelo Regional. “Quem vai, não deixa de ser um multiplicador, alguém que ajuda os coordenadores de movimentos e pastorais e lideranças a entenderem que atitudes, que postura será assumida para que estejamos em sintonia com todas as dioceses do Paraná e estejamos colocando em prática juntos as diretrizes da ação evangelizadora”, acrescenta o padre. Segundo dom Geremias Steinmetz, arcebispo de Londrina e presidente do Regional Sul 2, a Assembleia quer atualizar os trabalhos com as diretrizes gerais da CNBB de 2019 a 2023. “Renovar para pensar as atividades, os trabalhos e respostas que melhor convenham a partir do pensamento das diretrizes gerais, e, assim nos prepararmos para mais quatro anos de caminhada”.

      Durante a Assembleia do Povo de Deus será feito o lançamento de uma Ação Missionária que envolverá toda a Igreja do Paraná no projeto da construção de uma escola para a Missão São Paulo VI, na Guiné-Bissau, África.


 Apresentação

      No dia 28, na Paróquia Santa Teresinha, em Ponta Grossa, das 8h30 às 12 horas, acontecerá reunião com coordenadores de movimentos e pastorais, um representante por paróquia da Diocese, para a apresentação do Plano de Ação Evangelizadora para os próximos quatro anos. “Serão perto de 60 pessoas e, quem for vir, tem de ter participado da Assembleia Diocesana do dia 24 de agosto. Elas vão tomar conhecimento do que a Diocese vai assumir e vamos também apresentar o que vai ser assumido enquanto Regional”, informa padre Joel, citando que os participantes ficarão responsáveis por esclarecer os fieis nas paroquias.

      A apresentação do plano de pastoral diocesano acontece, conforme padre Joel, depois de feita a reflexão, definidos o lema bíblico e os pilares, e, serem escritas e formatadas as diretrizes. “O que estiver já pronto estará sendo apresentado. As pessoas terão a função de levarem as suas comunidades, com a missão de divulgar e fazerem com que as assembleias paroquias aconteçam de acordo com o que já foi definido”, orienta o coordenador diocesano da Ação Evangelizadora.


Diocede Ponta Grossa
Em 2017, o bispo dom Sergio fez uma fala durante a abertura da Assembleia do Povo de Deus   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
A Diocese de Ponta Grossa esteve representada também por padres e leigos, há dois anos   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia