DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 00/00/0000

Adolescentes discutem a superação da violência

Estudantes do Colégio José Elias da Rocha viveram manhã diferente

 
Os jovens simulam a cena do cartaz da campanha deste ano: ‘em Cristo somos todos irmãos’ Os jovens simulam a cena do cartaz da campanha deste ano: ‘em Cristo somos todos irmãos’ | Crédito: Acervo Coordenação Diocesana da Campanha da Fraternidade

     Para abordar junto a adolescentes o tema da Campanha da Fraternidade ‘Fraternidade e Superação da Violência’, a coordenadora diocesana da Campanha da Fraternidade, Íria Portela, usou de linguagens próprias dos jovens. Iniciou apresentando um vídeo de Gabriel O Pensador que fala sobre violência, uma postagem bem atual do artista e que teve grande repercussão nas redes sociais, e se utilizou da música, firmando parceria com Orion Guimarães, da Pastoral do Canto da Catedral Sant’Ana. A fala aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), no Colégio Estadual José Elias da Rocha, no bairro de Olarias, em Ponta Grossa.

     “Falei um pouco sobre a definição do que é fraternidade e a proposta da Igreja de como viver a fraternidade, começando pela relação com irmãos de sangue. Pedi para o Orion apresentar o Hino da Campanha com o violão e que eles prestassem atenção na letra, na proposta, que nos fala sobre a cultura da paz, lembrando que a paz a partir de Cristo é o caminho para encontrar a melhor maneira de tornar possível a superação da violência. Cantamos juntos o hino da paz”, comentou Íria. Os mais de cem estudantes ouviram ainda que todos temos um dom dado por Deus para agir em prol do outro, e, assim fazer a diferença em casa, na comunidade e na sociedade. “Contei da proposta do Papa Francisco sobre a Igreja em Saída é cantamos a Oração de São Francisco. Foi bem bonito”, acrescentou a coordenadora.

     “Fomos muito bem acolhidos pelas professoras e os alunos se mostraram muito atentos e dispostos, tanto que desafiei a fanfarra do colégio a tocar o hino da Campanha da Fraternidade no desfile de 15 de setembro, os membros da fanfarra toparam e o maestro teve que concordar. Foi uma festa!”


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Diocese ganhará relíquias de São João Paulo II   |   ECC festeja seus 50 anos   |   Missa do Crisma reúne padres da diocese   |   Live atinge mais de 10 mil pessoas   |  





Publicado em: 00/00/0000

Adolescentes discutem a superação da violência

Estudantes do Colégio José Elias da Rocha viveram manhã diferente

 

     Para abordar junto a adolescentes o tema da Campanha da Fraternidade ‘Fraternidade e Superação da Violência’, a coordenadora diocesana da Campanha da Fraternidade, Íria Portela, usou de linguagens próprias dos jovens. Iniciou apresentando um vídeo de Gabriel O Pensador que fala sobre violência, uma postagem bem atual do artista e que teve grande repercussão nas redes sociais, e se utilizou da música, firmando parceria com Orion Guimarães, da Pastoral do Canto da Catedral Sant’Ana. A fala aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), no Colégio Estadual José Elias da Rocha, no bairro de Olarias, em Ponta Grossa.

     “Falei um pouco sobre a definição do que é fraternidade e a proposta da Igreja de como viver a fraternidade, começando pela relação com irmãos de sangue. Pedi para o Orion apresentar o Hino da Campanha com o violão e que eles prestassem atenção na letra, na proposta, que nos fala sobre a cultura da paz, lembrando que a paz a partir de Cristo é o caminho para encontrar a melhor maneira de tornar possível a superação da violência. Cantamos juntos o hino da paz”, comentou Íria. Os mais de cem estudantes ouviram ainda que todos temos um dom dado por Deus para agir em prol do outro, e, assim fazer a diferença em casa, na comunidade e na sociedade. “Contei da proposta do Papa Francisco sobre a Igreja em Saída é cantamos a Oração de São Francisco. Foi bem bonito”, acrescentou a coordenadora.

     “Fomos muito bem acolhidos pelas professoras e os alunos se mostraram muito atentos e dispostos, tanto que desafiei a fanfarra do colégio a tocar o hino da Campanha da Fraternidade no desfile de 15 de setembro, os membros da fanfarra toparam e o maestro teve que concordar. Foi uma festa!”


Diocede Ponta Grossa
Os jovens simulam a cena do cartaz da campanha deste ano: ‘em Cristo somos todos irmãos’   |   Acervo Coordenação Diocesana da Campanha da Fraternidade

Diocede Ponta Grossa
No mural, os trabalhos dos estudantes a respeito da Paixão, Morte e Ressureição de Cristo   |   Acervo Coordenação Diocesana da Campanha da Fraternidade

Diocede Ponta Grossa
Mais de cem alunos ouviram a fala a respeito da Campanha da Fraternidade no colégio, esta manhã   |   Acervo Coordenação Diocesana da Campanha da Fraternidade


Navegue até a sua Paróquia