DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 05/06/2020

Bolo de Santo Antônio já é vendido

Medalhas e aliança recheiam a massa

 
Padre Edvino acompanha a produção do bolo de Santo Antônio Padre Edvino acompanha a produção do bolo de Santo Antônio | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

      O tradicional bolo de Santo Antônio, vendido todos os anos na festa promovida pela Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Ponta Grossa, está com a produção limitada em 2020, devido ao momento que o mundo atravessa, com a pandemia causada pelo Covid 19. O bolo pode ser retirado na secretaria da paróquia, a R$ 5, até 13 de junho, dia de Santo Antônio. O recheio continua atraindo solteiros: medalhas do santo casamenteiro e uma aliança de ouro estão entre os pedaços vendidos. A secretaria funciona das 8 às 12 horas, e, das 13 às 16 horas. No sábado, abre das 8 horas ao meio dia.

      “Como não é tanto bolo, colocou-se uma aliança no bolo. Quem encontrou, retira a outra na secretaria”, explica padre Edvino Sicuro, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Para o padre, mesmo nas atuais circunstâncias, não se pode abandonar a tradição. “Na paróquia, temos até uma capela de Santo Antônio. Por isso, pensamos em fazer o bolo mesmo não tendo a festa externa, como nos anos anteriores. Queremos venerar o santo, celebrar a vida desse grande missionário e pregador e oferecer a medalha para as moças que querem casar e para os casais renovarem o seu matrimônio”, enfatiza padre Edvino.

      Rosana Pinto Bruken ajuda há quatro anos na produção dos bolos. Já fez também muitos pastéis para serem vendidos nas outras promoções da paróquia. “É maravilhoso. Deus que toca. É gratificante poder fazer algo que gosta, com amor, com carinho. Já peguei várias medalhinhas. Tenho uma coleção de santos em casa. É o meu santo protetor”, conta lisonjeada.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Pastoral do Idoso motiva agentes   |   Setor Juventude realiza formação on-line   |   Feira angaria fundos para o João XXIII   |   São João ganha ‘live arraiá’   |  





Publicado em: 05/06/2020

Bolo de Santo Antônio já é vendido

Medalhas e aliança recheiam a massa

 

      O tradicional bolo de Santo Antônio, vendido todos os anos na festa promovida pela Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Ponta Grossa, está com a produção limitada em 2020, devido ao momento que o mundo atravessa, com a pandemia causada pelo Covid 19. O bolo pode ser retirado na secretaria da paróquia, a R$ 5, até 13 de junho, dia de Santo Antônio. O recheio continua atraindo solteiros: medalhas do santo casamenteiro e uma aliança de ouro estão entre os pedaços vendidos. A secretaria funciona das 8 às 12 horas, e, das 13 às 16 horas. No sábado, abre das 8 horas ao meio dia.

      “Como não é tanto bolo, colocou-se uma aliança no bolo. Quem encontrou, retira a outra na secretaria”, explica padre Edvino Sicuro, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário. Para o padre, mesmo nas atuais circunstâncias, não se pode abandonar a tradição. “Na paróquia, temos até uma capela de Santo Antônio. Por isso, pensamos em fazer o bolo mesmo não tendo a festa externa, como nos anos anteriores. Queremos venerar o santo, celebrar a vida desse grande missionário e pregador e oferecer a medalha para as moças que querem casar e para os casais renovarem o seu matrimônio”, enfatiza padre Edvino.

      Rosana Pinto Bruken ajuda há quatro anos na produção dos bolos. Já fez também muitos pastéis para serem vendidos nas outras promoções da paróquia. “É maravilhoso. Deus que toca. É gratificante poder fazer algo que gosta, com amor, com carinho. Já peguei várias medalhinhas. Tenho uma coleção de santos em casa. É o meu santo protetor”, conta lisonjeada.


Diocede Ponta Grossa
Padre Edvino acompanha a produção do bolo de Santo Antônio   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O recheio do bolo é especial. Medalhas, aliança e muito carinho   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Os bolos, produzidos pela paróquia, todos os anos, são tradicionais na cidade   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia