DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 23/01/2021

Seminaristas levantam verba para a JMJ

Ação entre Amigos vende bilhetes a R$ 2,50

 
Os bilhetes são vendidos a R$ 2,50 Os bilhetes são vendidos a R$ 2,50 | Crédito: Jefferson Sanchez

     Seminaristas diocesanos já começaram a correr atrás dos recursos necessários para custear as despesas para participar da Jornada Mundial da Juventude de 2023, em Lisboa, Portugal. A primeira promoção é uma Ação entre Amigos que está vendendo bilhetes para concorrer a dez brindes. São prêmios em dinheiro, forno micro-ondas, guitarra, batedeira, sanduicheira, headphone, kit churrasco, manta, bíblia e até um leitão,

     “Mesmo sendo só em 2023, decidimos por começar a nos organizar desde já, visto que o valor total ultrapassará os 200 mil reais, para aproximadamente 15 seminaristas. Cada um de nós, seminaristas, e também o padre reitor colaboraram na aquisição dos brindes para a ação, e pretendemos também, ao longo desses três anos, realizar outras atividades e promoções”, explica o seminarista Jefferson Sanchez, lembrando que os seminaristas são de diversas comunidades e não residem em uma paróquia em específico, o que dificulta a realização de eventos, “Por isso, esperamos contar com o apoio de amigos e todas as pessoas de bem que sempre apoiam as vocações em nossa Diocese”, acrescenta.

     Quem quiser colaborar pode comprar um bilhete a R$2,50 ou o bloco a R$50, com 20 bilhetes. Os bilhetes são vendidos por seminaristas. Mais informações também pelas redes sociais @seminariopg ou pelos telefones (42) 99996 3889 (Jefferson Sanchez) ou (42) 99981 3322 (Gabriel Freytag).

 Jornada

     No Domingo de Ramos de 1986 ocorreu a primeira Jornada Mundial da Juventude, a nível local, na diocese de Roma, como uma demonstração do profundo desejo da juventude de se comprometer como envio apostólico feito por Jesus: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” (Mc 16, 15). Começava, assim, a tradição das Jornadas Mundiais da Juventude, uma iniciativa dos próprios jovens católicos que desejavam partilhar suas experiências de discípulos e missionários de Jesus Cristo com irmãos na fé de outras partes do mundo.

     Desde aquele primeiro encontro, já ocorreram 35 jornadas, somando-se as internacionais e as diocesanas, que se alternam ao longo dos anos. Segundo o Papa São João Paulo II, que acompanhou e incentivou o surgimento e desenvolvimento desses primeiros encontros, o principal objetivo das jornadas é tornar, cada vez mais, a pessoa de Jesus o centro da fé e da vida de cada jovem, de modo que Ele seja o ponto de referência e a inspiração de toda iniciativa de quem faz essa experiência. Sendo assim, cada Jornada Mundial da Juventude se constitui em um renovado chamado de Deus dirigido aos jovens para construir sua vida sobre a verdadeira rocha, que é Cristo.


Importância

     Historicamente, as Jornadas se tornaram ocasiões de uma proclamação concreta da fé e da unidade em torno de Cristo por meio de uma experiência viva de comunhão e partilha em torno da mesma missão sempre urgente de anunciar o Evangelho. As jornadas são, desse modo, um momento de revigoramento da fé, a fim de que as atividades locais recebam um novo ânimo e o desejo de um comprometimento aprofundado com vocação a que cada jovem cristão é chamado. Um jovem deseja participar de uma Jornada Mundial da Juventude como uma experiência de encontro com Cristo. Mas volta com o desejo de levar a Boa nova que recebeu a todos que encontrar. De evangelizado, passa a ser evangelizador.

     O Papa Francisco nos diz que “é importante tomar consciência de que Jesus foi um jovem. Deu a sua vida numa fase que hoje se define como a dum jovem adulto.” (Christus Vivit, n. 23).  Por isso, como seminaristas, na participação da próxima Jornada Mundial da Juventude, desejamos aprofundar nossa experiência de partilha da fé em unidade com toda Igreja e com o Santo Padre, para, juntamente com jovens do mundo inteiro, renovar nossa resposta a Deus que nos chama a configurarmos, cada vez mais, ao mesmo espírito de doação e entrega de seu Filho Jesus.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Bispo dá posse a dois novos párocos   |   27 anos de sacerdócio de cinco padres   |   Escola de Teologia abre nova turma   |   Padre Osvaldo faz balanço da missão   |  





Publicado em: 23/01/2021

Seminaristas levantam verba para a JMJ

Ação entre Amigos vende bilhetes a R$ 2,50

 

     Seminaristas diocesanos já começaram a correr atrás dos recursos necessários para custear as despesas para participar da Jornada Mundial da Juventude de 2023, em Lisboa, Portugal. A primeira promoção é uma Ação entre Amigos que está vendendo bilhetes para concorrer a dez brindes. São prêmios em dinheiro, forno micro-ondas, guitarra, batedeira, sanduicheira, headphone, kit churrasco, manta, bíblia e até um leitão,

     “Mesmo sendo só em 2023, decidimos por começar a nos organizar desde já, visto que o valor total ultrapassará os 200 mil reais, para aproximadamente 15 seminaristas. Cada um de nós, seminaristas, e também o padre reitor colaboraram na aquisição dos brindes para a ação, e pretendemos também, ao longo desses três anos, realizar outras atividades e promoções”, explica o seminarista Jefferson Sanchez, lembrando que os seminaristas são de diversas comunidades e não residem em uma paróquia em específico, o que dificulta a realização de eventos, “Por isso, esperamos contar com o apoio de amigos e todas as pessoas de bem que sempre apoiam as vocações em nossa Diocese”, acrescenta.

     Quem quiser colaborar pode comprar um bilhete a R$2,50 ou o bloco a R$50, com 20 bilhetes. Os bilhetes são vendidos por seminaristas. Mais informações também pelas redes sociais @seminariopg ou pelos telefones (42) 99996 3889 (Jefferson Sanchez) ou (42) 99981 3322 (Gabriel Freytag).

 Jornada

     No Domingo de Ramos de 1986 ocorreu a primeira Jornada Mundial da Juventude, a nível local, na diocese de Roma, como uma demonstração do profundo desejo da juventude de se comprometer como envio apostólico feito por Jesus: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” (Mc 16, 15). Começava, assim, a tradição das Jornadas Mundiais da Juventude, uma iniciativa dos próprios jovens católicos que desejavam partilhar suas experiências de discípulos e missionários de Jesus Cristo com irmãos na fé de outras partes do mundo.

     Desde aquele primeiro encontro, já ocorreram 35 jornadas, somando-se as internacionais e as diocesanas, que se alternam ao longo dos anos. Segundo o Papa São João Paulo II, que acompanhou e incentivou o surgimento e desenvolvimento desses primeiros encontros, o principal objetivo das jornadas é tornar, cada vez mais, a pessoa de Jesus o centro da fé e da vida de cada jovem, de modo que Ele seja o ponto de referência e a inspiração de toda iniciativa de quem faz essa experiência. Sendo assim, cada Jornada Mundial da Juventude se constitui em um renovado chamado de Deus dirigido aos jovens para construir sua vida sobre a verdadeira rocha, que é Cristo.


Importância

     Historicamente, as Jornadas se tornaram ocasiões de uma proclamação concreta da fé e da unidade em torno de Cristo por meio de uma experiência viva de comunhão e partilha em torno da mesma missão sempre urgente de anunciar o Evangelho. As jornadas são, desse modo, um momento de revigoramento da fé, a fim de que as atividades locais recebam um novo ânimo e o desejo de um comprometimento aprofundado com vocação a que cada jovem cristão é chamado. Um jovem deseja participar de uma Jornada Mundial da Juventude como uma experiência de encontro com Cristo. Mas volta com o desejo de levar a Boa nova que recebeu a todos que encontrar. De evangelizado, passa a ser evangelizador.

     O Papa Francisco nos diz que “é importante tomar consciência de que Jesus foi um jovem. Deu a sua vida numa fase que hoje se define como a dum jovem adulto.” (Christus Vivit, n. 23).  Por isso, como seminaristas, na participação da próxima Jornada Mundial da Juventude, desejamos aprofundar nossa experiência de partilha da fé em unidade com toda Igreja e com o Santo Padre, para, juntamente com jovens do mundo inteiro, renovar nossa resposta a Deus que nos chama a configurarmos, cada vez mais, ao mesmo espírito de doação e entrega de seu Filho Jesus.


Diocede Ponta Grossa
Os bilhetes são vendidos a R$ 2,50   |   Jefferson Sanchez

Diocede Ponta Grossa
Quem quiser, pode comprar um bloco completo   |   Jefferson Sanchez