DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 01/02/2021

Ação ecumênica atende 99 famílias em Irati

Igrejas católicas e evangélicas se unem por desalojados

 
Além de roupas e alimentos, um fogão estava entre as doações vindas de Imbituva Além de roupas e alimentos, um fogão estava entre as doações vindas de Imbituva | Crédito: Padre Rodrigo Ribas

     Ainda é grande a mobilização em torno do atendimento emergencial às famílias afetadas pelas chuvas dos dias 18 e 19 em Irati. Uma ação ecumênica envolvendo igrejas católicas e evangélicas, além de empresas e órgãos públicos coletou doações, entregou donativos e distribuiu alimentos prontos. Pelo relatório oficial, até a última sexta-feira (29), foram repassadas 98 cestas básicas para 99 famílias de Irati e Fernandes Pinheiro, 820 marmitas, 25 colchões, 38 itens de mobiliário, como camas, geladeiras, fogões, armários e mesas.

     Ainda de acordo com o relatório, foram distribuídas 300 garrafas de 500 ml e oito galões de 5 litros de água. As roupas doadas atenderam 147 famílias de Irati e outras 150 moradoras da região. Além de roupas, foram entregues máscaras, cobertas e travesseiros. Em dinheiro, foi arrecadado R$ 857 que custearam a aquisição de cargas de gás, sacos plásticos, água e combustível.  

     A região de Irati estava na rota do grande volume de chuva assolou o Sul do Brasil entre os dias 18 e 19 de janeiro. Somente em Irati, foi registrada a precipitação de153 milímetros de água, que caíram em um curto espaço de tempo e provocaram enxurradas que invadiram casas, comércios, indústrias e obstruiu o trânsito em toda a área urbana e também nas localidades de Serra dos Nogueiras, Caratuva e Pinho de Baixo.

     As paróquias São Miguel, Nossa Senhora da Luz, São João Batista e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estão servindo como pontos de coleta. É importante que as doações continuem, principalmente de alimentos. Os donativos vão compor as cestas que são entregues mensalmente para as famílias atendidas pela Pastoral Social das comunidades.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Bispo dá posse a dois novos párocos   |   27 anos de sacerdócio de cinco padres   |   Escola de Teologia abre nova turma   |   Padre Osvaldo faz balanço da missão   |  





Publicado em: 01/02/2021

Ação ecumênica atende 99 famílias em Irati

Igrejas católicas e evangélicas se unem por desalojados

 

     Ainda é grande a mobilização em torno do atendimento emergencial às famílias afetadas pelas chuvas dos dias 18 e 19 em Irati. Uma ação ecumênica envolvendo igrejas católicas e evangélicas, além de empresas e órgãos públicos coletou doações, entregou donativos e distribuiu alimentos prontos. Pelo relatório oficial, até a última sexta-feira (29), foram repassadas 98 cestas básicas para 99 famílias de Irati e Fernandes Pinheiro, 820 marmitas, 25 colchões, 38 itens de mobiliário, como camas, geladeiras, fogões, armários e mesas.

     Ainda de acordo com o relatório, foram distribuídas 300 garrafas de 500 ml e oito galões de 5 litros de água. As roupas doadas atenderam 147 famílias de Irati e outras 150 moradoras da região. Além de roupas, foram entregues máscaras, cobertas e travesseiros. Em dinheiro, foi arrecadado R$ 857 que custearam a aquisição de cargas de gás, sacos plásticos, água e combustível.  

     A região de Irati estava na rota do grande volume de chuva assolou o Sul do Brasil entre os dias 18 e 19 de janeiro. Somente em Irati, foi registrada a precipitação de153 milímetros de água, que caíram em um curto espaço de tempo e provocaram enxurradas que invadiram casas, comércios, indústrias e obstruiu o trânsito em toda a área urbana e também nas localidades de Serra dos Nogueiras, Caratuva e Pinho de Baixo.

     As paróquias São Miguel, Nossa Senhora da Luz, São João Batista e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estão servindo como pontos de coleta. É importante que as doações continuem, principalmente de alimentos. Os donativos vão compor as cestas que são entregues mensalmente para as famílias atendidas pela Pastoral Social das comunidades.


Diocede Ponta Grossa
Além de roupas e alimentos, um fogão estava entre as doações vindas de Imbituva   |   Padre Rodrigo Ribas

Diocede Ponta Grossa
As doações de Ponta Grossa foram deixadas na Rádio Sant Ana   |   Padre Rodrigo Ribas

Diocede Ponta Grossa
A região inteira se mobilizou. Essas doações vieram de Imbituva   |   Padre Rodrigo Ribas


Navegue até a sua Paróquia