DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 30/07/2018

Três seminaristas são admitidos às Ordens Sacras

Bispo presidiu celebração, em Ipiranga, no último sábado

 
Dom Sergio, presbíteros, religiosas e seminaristas ao fim da celebração na matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ipiranga Dom Sergio, presbíteros, religiosas e seminaristas ao fim da celebração na matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ipiranga | Crédito: Jeferson André

     A matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ipiranga, sediou, no último sábado (28), a celebração eucarística na qual foram admitidos às Ordens Sacras os seminaristas Alexandre Spena Regueira, Rafael Moreira e Rodrigo Ribas. O bispo dom Sergio Arthur Braschi presidiu a cerimônia, que foi acompanhada por caravanas de fiéis vindas de Castro, Irati, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Teixeira Soares e integrantes das comunidades locais. Na mesma celebração, Felipe Lucas Mendes recebeu o Ministério de Leitor.

     Dom Sergio explica que o rito da admissão é uma preparação oficial, uma apresentação à comunidade da disposição do jovem seminarista de pedir oficialmente o sacramento da Ordem que receberá, ano que vem, no Diaconato e no Presbiterato. “Também a comunidade que participa se compromete de rezar, a acompanhar com orações. Foram três (seminaristas) admitidos à Ordem, e, o Ministério de Leitor foi recebido pelo Felipe, de Teixeira Soares. Foi uma festa muito bonita, uma celebração muito tocante”, resume o bispo.

     Entre os seminaristas, o chamado a servir a Deus teve nuances semelhantes. Felipe Mendes conta que a vocação surgiu a partir de um convite do padre Luiz Mirkoski, que, na época, era pároco da Nossa Senhora da Conceição, em Teixeira Soares. “E eu, percebendo sua alegria, sua motivação, decidi entrar no seminário. Isso foi em 2009. Receber o Ministério de Leitor é um passo a mais a caminho do sacerdócio, uma oportunidade de anunciar, proclamar, de ser o rosto, a presença de Jesus no meio das pessoas”, ressalta.

     Alexandre Spena, de Castro, lembra que sua vocação surgiu da oração da comunidade. “Eu necessitei de ajuda e a comunidade se moveu para me ajudar, e, a partir daí, eu fui construindo minha caminhada cristã mais aprofundada. Chegou, então, um padre em nossa Diocese, Sandro José Brandt, que olhando e me vendo participar da comunidade me fez o convite. E eu decidi viver o que Deus propunha para mim”, cita, afirmando que recebe o rito da Ordem com alegria, gratidão e esperança de poder responder à Igreja de uma forma fiel e inteira.

     Rafael Moreira, de Piraí do Sul, começou a fazer acompanhamento em meados de 2008, entrando no seminário propedêutico de Carambeí, em 2010. “Fui levado ao seminário pelo perceber da alegria dos padres e seminaristas. Gostaria de também viver aquela experiência”, enfatiza. Para ele, com a admissão, vê que os instrumentos que a Igreja concede (seminário, as aulas) não servem mais para conhecimento, discernimento, mas formação propriamente dita para o Ministério Sacerdotal. “O coração se alegra muito por ser chamado por Deus e poder responder mesmo na pequenez e nas dificuldades”. O iratiense Rodrigo Ribas recebeu um convite de um seminarista para ir conhecer o seminário. “Fui, conheci e, a partir desse primeiro contato, gostei e continuei fazendo alguns encontros e fui levado a entrar. Durante o tempo do seminário fui me encontrando e percebendo que de fato era essa a vontade de Deus para a minha vida”, resume.

     Segundo Rodrigo, o rito de admissão fala que é preciso abertura de coração. “E espero estar de coração aberto para atender o que a formação pede e caminhar de acordo com o que a Igreja pede.

     Em outro momento da celebração, houve a benção dos 45 missionários que sairão por Ipiranga, durante a Semana Vocacional, que se inicia dia 1º, além de benção das águas.


Agradecimento: A AssCom da Diocese de Ponta Grossa agradece a gentileza e generosidade do membro da PASCOM da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, Jeferson André, pelo fundamental apoio para a realização desta importante pauta. Mais um exemplo de comprometimento e sinergia de que a comunicação, intrínseca ao ser humano é um dom de Deus, é responsabilidade de todos os agentes envolvidos no processo comunicacional da Igreja.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Piraí se prepara para festejar Nossa Senhora das Brotas | Paroquianos do Santa Paula ganham nova capela | Padre Agostinho festeja seu jubileu de ouro | Presépio evangeliza e encanta |





Publicado em: 30/07/2018

Três seminaristas são admitidos às Ordens Sacras

Bispo presidiu celebração, em Ipiranga, no último sábado

 

     A matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ipiranga, sediou, no último sábado (28), a celebração eucarística na qual foram admitidos às Ordens Sacras os seminaristas Alexandre Spena Regueira, Rafael Moreira e Rodrigo Ribas. O bispo dom Sergio Arthur Braschi presidiu a cerimônia, que foi acompanhada por caravanas de fiéis vindas de Castro, Irati, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Teixeira Soares e integrantes das comunidades locais. Na mesma celebração, Felipe Lucas Mendes recebeu o Ministério de Leitor.

     Dom Sergio explica que o rito da admissão é uma preparação oficial, uma apresentação à comunidade da disposição do jovem seminarista de pedir oficialmente o sacramento da Ordem que receberá, ano que vem, no Diaconato e no Presbiterato. “Também a comunidade que participa se compromete de rezar, a acompanhar com orações. Foram três (seminaristas) admitidos à Ordem, e, o Ministério de Leitor foi recebido pelo Felipe, de Teixeira Soares. Foi uma festa muito bonita, uma celebração muito tocante”, resume o bispo.

     Entre os seminaristas, o chamado a servir a Deus teve nuances semelhantes. Felipe Mendes conta que a vocação surgiu a partir de um convite do padre Luiz Mirkoski, que, na época, era pároco da Nossa Senhora da Conceição, em Teixeira Soares. “E eu, percebendo sua alegria, sua motivação, decidi entrar no seminário. Isso foi em 2009. Receber o Ministério de Leitor é um passo a mais a caminho do sacerdócio, uma oportunidade de anunciar, proclamar, de ser o rosto, a presença de Jesus no meio das pessoas”, ressalta.

     Alexandre Spena, de Castro, lembra que sua vocação surgiu da oração da comunidade. “Eu necessitei de ajuda e a comunidade se moveu para me ajudar, e, a partir daí, eu fui construindo minha caminhada cristã mais aprofundada. Chegou, então, um padre em nossa Diocese, Sandro José Brandt, que olhando e me vendo participar da comunidade me fez o convite. E eu decidi viver o que Deus propunha para mim”, cita, afirmando que recebe o rito da Ordem com alegria, gratidão e esperança de poder responder à Igreja de uma forma fiel e inteira.

     Rafael Moreira, de Piraí do Sul, começou a fazer acompanhamento em meados de 2008, entrando no seminário propedêutico de Carambeí, em 2010. “Fui levado ao seminário pelo perceber da alegria dos padres e seminaristas. Gostaria de também viver aquela experiência”, enfatiza. Para ele, com a admissão, vê que os instrumentos que a Igreja concede (seminário, as aulas) não servem mais para conhecimento, discernimento, mas formação propriamente dita para o Ministério Sacerdotal. “O coração se alegra muito por ser chamado por Deus e poder responder mesmo na pequenez e nas dificuldades”. O iratiense Rodrigo Ribas recebeu um convite de um seminarista para ir conhecer o seminário. “Fui, conheci e, a partir desse primeiro contato, gostei e continuei fazendo alguns encontros e fui levado a entrar. Durante o tempo do seminário fui me encontrando e percebendo que de fato era essa a vontade de Deus para a minha vida”, resume.

     Segundo Rodrigo, o rito de admissão fala que é preciso abertura de coração. “E espero estar de coração aberto para atender o que a formação pede e caminhar de acordo com o que a Igreja pede.

     Em outro momento da celebração, houve a benção dos 45 missionários que sairão por Ipiranga, durante a Semana Vocacional, que se inicia dia 1º, além de benção das águas.


Agradecimento: A AssCom da Diocese de Ponta Grossa agradece a gentileza e generosidade do membro da PASCOM da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, Jeferson André, pelo fundamental apoio para a realização desta importante pauta. Mais um exemplo de comprometimento e sinergia de que a comunicação, intrínseca ao ser humano é um dom de Deus, é responsabilidade de todos os agentes envolvidos no processo comunicacional da Igreja.


Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio, presbíteros, religiosas e seminaristas ao fim da celebração na matriz Nossa Senhora da Conceição, em Ipiranga   |   Jeferson André

Diocede Ponta Grossa
Felipe Lucas recebeu o Ministério de Leitor   |   Jeferson André

Diocede Ponta Grossa
Alexandre, Rafael e Rodrigo foram admitidos às Ordens Sacras na celebração deste sábado   |   Jeferson André

Diocede Ponta Grossa
Padre Jaime Rossa, diretor do Seminário Filosófico São José e de Teologia São João Maria Vianney ao lado dos seminaristas   |   Jeferson André

Diocede Ponta Grossa
Dom Sergio realiza a benção das águas   |   Jeferson André


Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download