DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

MENU

Paróquia
Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus

Dados Gerais
Fundação: 28/04/1956
Paroco:    Pe. Joel Nalepa
Vigário:     Pe. Abraão Becher

Contato
Secretária:INFORMAR
Telefone: (42) 3028-3050
e-mail:     sta.teresinha@yahoo.com.br
Site:         INFORMAR
Facebook: INFORMAR

Missas
Segunda:    19h
Terça:         --------
Quarta:       19h
Quinta:       19h
Sexta:         19h
Sábado:      19h
Domingo:    7h | 10h | 18h

Confissões
Segunda:   Agendadas na Secretaria Paroquial
Terça:       Agendadas na Secretaria Paroquial
Quarta:     Agendadas na Secretaria Paroquial
Quinta:     Agendadas na Secretaria Paroquial
Sexta:       Agendadas na Secretaria Paroquial
Sábado:    Agendadas na Secretaria Paroquial
Domingo:  Agendadas na Secretaria Paroquial


A Capela

    Em setembro do ano de 1937, o Exmo. Sr. Bispo Diocesano, Dom Antônio Mazzarotto, doou um terreno, onde foi iniciada a construção da Capela Provisória de madeira dedicada à Santa Teresinha, santa de devoção do digníssimo bispo e de sua família.

    Para este trabalho foi organizada uma Comissão, tendo na Presidência o casal Adão e Rosa Dechandt, e formada pelos seguintes membros: Alberto Hansen Junior, Alfredo Schwab, Jovita Becher da Rocha, Leocádia Ramos, Stella Moro, Maria Luiza Machado, Georgina Delfino, Letícia Torres e Aracy Virmond.

    Até o ano de 1942, a assistência religiosa foi prestada pelos Revmos. Padres da Congregação do Verbo Divino .Mas nesta época, o Seminário Diocesano, até então localizado na cidade de Castro, mudou-se para Ponta Grossa, no bairro de Oficinas, e a partir de então, os Revmos Padres Seculares deram continuidade à assistência espiritual da Capela.Passaram por aqui na ocasião : Pe. Pedro Guerra, Pe. Francisco Salache, Pe. Pedro Canisio Feirabend, Pe. Fridolino Beuren, Pe. Francisco Estanislau Soczek e Pe.Carlos Zelesny.


A Igreja Matriz

    O lançamento da pedra fundamental ocorreu no dia 3 de outubro de 1948, pelo Revmo. Pe. Pedro Guerra. No ano de 1954, por ocasião das comemorações da Festa de Santa Teresinha, foi inaugurada a Cripta, construída pelo Revmo. Pe. Carlos Zelesny.


A Paróquia

    Finalmente, devido ao considerável crescimento da população, e para grande alegria da mesma, no dia 28 de abril de 1956, a Igreja foi elevada à categoria de Paróquia, sem nenhuma solenidade oficial.Teve a honra de tomar posse como 1º vigário, o Revmo. Pe. Francisco Salache.


Destaque Especial

Pe. Fridolino Beuren

    Assumiu a Paróquia no ano de 1957, permanecendo à frente da mesma até o ano de 1974.Depois disto ainda residiu na paróquia até 1980, ano do seu falecimento, sendo inclusive enterrado dentro da Matriz.Foram 23 anos dedicados à comunidade de Santa Teresinha.Além de padre, era engenheiro civil, e comandou a construção da belíssima Igreja Matriz, que homenageia a Santa das Rosas.

    A mesma foi inaugurada no dia 15 de outubro de 1961 .E toda vez que formos contar a história desta paróquia, ele merecerá um destaque especial.De pulso firme, oratória impecável e cultura ímpar, ele sem dúvida marcou uma geração que teve o privilégio de com ele conviver, e até hoje é uma referência para todos os paroquianos, inclusive os mais jovens.


Inauguração da Igreja Matriz

Para grande alegria de toda comunidade, a primeira parte da Igreja Matriz de Santa Teresinha foi inaugurada no dia 15 de outubro de 1961.


A Matriz Concluída

    Na década de1970 a nossa tão sonhada Igreja Matriz está totalmente terminada.É uma das mas belas e imponentes Igrejas da Diocese e de todo Estado do Paraná..


Capela Nossa Senhora do Rocio

    No final do ano de 1995, tendo por pároco o Revmo. Pe. Claudemir Nascimento Leal, a Capela Nossa Senhora do Rocio, localizada à Rua Aleixo Garcia, nº 277 – Vila Pinheiro, passou a pertencer à Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus.


As Relíquias de Santa Teresinha "ELA" veio nos visitar

    Em novembro do ano de 1998, a visita das Relíquias de Santa Teresinha movimentou toda a Diocese, os meios de comunicação de nossa cidade e as Pastorais da comunidade.Era um sonho se tornando realidade.Nossa amada Santinha de Lisieux, a Padroeira dos Missionários, que em vida não pôde sair da clausura, após sua morte, percorre o mundo levando a mensagem da paz, da simplicidade e do amor.

    Nos dias 08, 09 e 10 de novembro de 1998, mais de 7 mil devotos tiveram a graça de passar pela Igreja Matriz para visitar e tocar a Urna das Relíquias .Nestes três dias, a Igreja ficou aberta 24 horas, com confissões o dia todo, missas celebradas de hora em hora por quase todos os padres da cidade , e uma exposição sobre a Vida de Santa Teresinha.

    Fica registrado aqui o agradecimento de todos os paroquianos ao Pe. Sílvio Breginski, pelo esforço e empenho em proporcionar aos devotos estes momentos inesquecíveis... memoráveis... históricos.


As Celebrações Festivas

    Ao longo destes anos, algumas celebrações foram se tornando tradicionais no Calendário da Paróquia.É o caso das "Coroações de Nossa Senhora", realizadas no mês de maio, e também das Festas de Santa Teresinha, sempre em outubro, com destaque para a "Missa Solene de Benção das Rosas", que atrai devotos de toda cidade e região.

    Hoje, além desta obra, a comunidade conta com 15 pastorais organizadas e em pleno funcionamento, aí compreendidos os movimentos e os ministérios.

São eles :

Pastoral Financeira

Pastoral Catequética

Pastoral Litúrgica

Pastoral da Juventude

Pastoral do Batismo

Pastoral da Criança

Pastoral do Dízimo

Pastoral dos Coroinhas

Ministros Extraordinários da Comunhão e da Esperança

Associação Legião de Maria

Movimento das Capelinhas

Apostolado da Oração

Ministério de Canto

Pequenos Grupos

Vicentinos

Construção da Nova Casa Paroquial

    No ano de 2002 foi iniciada a obra de construção da nova Casa Paroquial e Secretaria da Paróquia.Toda a construção foi feita com recursos fruto de contribuição dos paroquianos, que sempre compareceram aos eventos promovidos pelo CPC, doações espontâneas e principalmente dos "carnês de colaboração."

    O Revmo.Pe. Evaldo Fidelix e a Comissão de Construção entregaram a obra à comunidade no mês de maio de 2005, a qual, segundo o pároco, trouxe muito mais conforto e funcionalidade tanto à Secretaria quanto à ele, e àqueles que ocuparão o imóvel no futuro.

Párocos

1º. Pároco:  Pe. Francisco Salache  - 1956 até 1957

2º. Pároco:  Pe. Fridolino Beuren  - 1957 até 1974

3º. Pároco:  Pe. Isaías Becher  - 1974 até 1980

4º. Pároco:  Pe. Sérgio Tychanowicz (1980)  - 1980 até 1992

5º. Pároco:  Pe. José Sniegovski (1992)  - 1992 até 1993

6º. Pároco:  Pe. Casemiro Oliszeski  - 1993 até 1994

7º. Pároco:  Pe. Wilson Aurélio Pianario  - 1994 até 1995

8º. Pároco:  Pe. Claudemir Nascimento Leal  - 1995 até 1997

9º. Pároco:  Pe. Sílvio José Breginski  - 1997 até 2001

10º. Pároco:  Pe. Evaldo Fidelix  - 2001 até 2008

11º. Pároco:  Pe. Abrão Becher  - 2008 até 


ORAÇÃO

Sede pequeninos

e vivei o Evangelho,

não tenhais medo.

Entregai-vos sem reservas

ao Amor de

Jesus Cristo."

( Santa Teresinha do Menino Jesus)



Navegue até a sua Paróquia



Pastorais e Movimentos
Pastorais
Organismos
Movimnetos
Cúria
Cúria
Imprensa
Cliping
Download