DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros
Paróquia
Paróquia Santo Antonio

Dados Gerais
Fundação: 07/04/1879
Paroco:    Pe. Gilson de Camargo
Vigário:     Pe. Pedro Gelinski

Contato
Secretária:INFORMAR
Telefone: (42) 3436-1180
e-mail:     paroquiaimbituva@yahoo.com.br
Site:         INFORMAR
Facebook: INFORMAR

Missas
Segunda:    --------
Terça:         --------
Quarta:       13h | 19h30
Quinta:       19h30
Sexta:         --------
Sábado:      19h30
Domingo:    8h30

Confissões
Segunda:   Agendado na Secretaria Paroquial
Terça:       Agendado na Secretaria Paroquial
Quarta:     Agendado na Secretaria Paroquial
Quinta:     Agendado na Secretaria Paroquial
Sexta:       Agendado na Secretaria Paroquial
Sábado:    Agendado na Secretaria Paroquial
Domingo:  Agendado na Secretaria Paroquial


HISTÓRICO

    A Paróquia Santo Antonio foi fundada em 07 de Abril de 1879, na época o Pároco foi o Pe. Miguel Eboli (1889-1880).

    A Gênese de nossa Paróquia está intimamente relacionada com a constituição da cidade de Imbituva. De acordo com estudos realizados por historiadores, e dentre estes merece destaque Stadler (2003) a fundação oficial do povoado, hoje com o nome de Imbituva, ocorreu no dia 03 de maio de 1871. Tendo por base os escritos de Stadler (2003), foi neste dia que os moradores, em mutirão realizaram a capina inicial para erigir a Capela Santo Antônio de Pádua, no terreno doado pelo Senhor Antônio Lourenço de Ávila.

    Neste dia 03 de maio de 1871 foi erguida uma improvisada cruz construída com galhos e amarrada com cipó. Segundo relatos de historiadores a cruz foi fixada no lugar onde hoje se encontra o altar da atual igreja. De acordo com pesquisadores, foi escolhido como padroeiro Santo Antonio em homenagem a Antônio Lourenço de Ávila, que foi o doador do terreno para a construção da capela. Segundo relatos de historiadores, a primeira missa fora realizada no dia 13 de junho de 1871, sendo o oficiante desta missa o padre Anacleto Dias Batista. 

    Comunidades – 33 já formadas, 2 em formação.

    Comunidades – Adelaide, Água Suja, Arroio Grande, Aterrado Alto, Bela Vista do Carmo, Bela Vista do Rosário, Barra Bonita, Barreiro, Barro Preto, Barrocas, Cachoeirinha, Corte D`Ouro, Faxinal dos Ávilas, Faxinal dos Galvão, Faxinal dos Penteados, Jararaca, Jardim Cabral, Jardim Tangará, Km 12, Lontrão, Madrugas, Mato Branco de Baixo, Mato Branco de Cima, Moquém, Morros das Pedras, Nova Esperança, Olho D`Água, Palmar, Paulistas, Pedra Lisa, Restinga, Ribeira, Ribeião Bonito, Sant`Ana, Valinhos e Vila Zezo.

    Pastorais – Pastoral Familiar, Pastoral Vocacional, Pastoral da Criança, Ministros Extraordinários da Comunhão e da Esperança, Pastoral da Liturgia, Pastoral de Cantos, Pastoral dos Coroinhas e Acólitos, Pastoral da Ação Social, Apostolado da Oração, Associação Internacional da Caridade (Damas da Caridade), Pastoral da Juventude, Renovação Carismática Católica (RCC).

 

Referência

STADLER, Cleusi T. Bobato. Imbituva - Uma Cidade dos Campos Gerais. 2003.

 

Párocos

Pe. José Slumbo (1880 – 1884)

Pe. Paulo Perelli (1184 – 1887)

Pe. José Antonio Gonçalves (1887 – 1888)

Pe. Joaquim Navasio (1888 – 1889)

Pe. Matheus Francisco Bonatto (1889 – 1890)  

Pe. João Batista Scarpeli (1899 – 1906)

Pe. Ângelo Maccagnani (1906 – 1910)

Pe. Ernesto Cansoni (1911 – 1914)

Pe. José Noch (1914 – 1916)

Pe. Pe. Ângelo Maccagnani (1916 – 1920)

Pe. Casimiro José Andrejewski (1920 – 1921)

Frei Ricardo (1921)

Frei Júlio (1921-1922)

Pe. Martinho Weber (1922 – 1928)

Pe. João Luz (1928-1930) 

Pe. Tomás Kania (1931 – 1943)

Pe. Bronislau Kozlowski (1943 – 1948)

Pe. Tomás Kania (1948 – 1957)

Pe. Afonso Paszkiewcz (1957 – 1965)

Pe. Wendelin Swierczek (1965 – 1971)

Pe. Marian Litewka (1971 – 1976)

Pe. Estanislau Belinovski

Pe. Aldo Seidel

Pe. Claudio Walenga

Pe. Luiz Carlos de Oliveira

Pe. Joelson Cezar Sotem

Pe Geraldo Valenga -(2003-2008)

Pe. Leocadio José Zytkowski - 2010

 

PASTORAIS E MOVIMENTOS

C.P.P. - Conselho Pastoral Paroquial.

C.P.C. - Matriz - Conselho Pastoral de Comunidade.

Pastoral da Catequese.

Pastoral da Liturgia.

Pastoral da Família.

Pastoral da Juventude.

Pastoral dos Coroinhas.

Pastoral Vocacional.

Pastoral da Criança.

Pastoral Social - Ação Social.

Grupos de Reflexão - Pequenos Grupos.

Zeladoras de Capelinhas.

AIC - Senhoras da Caridade.

Renovação Carismática Católica.

Apostolado da Oração.

M.E.C.E. - Ministros.

Cursilhos.  

TLC - Adolescentes.

Acólitos.


Celebrações 

       *  Apostolado da Oração

Primeira sexta-feira do mês às 19:30 horas - Missa.

Asilo São Vicente de Paulo

Toda sexta-feira às 15:00 horas - Missa.

 

Alguns dados

Catequese

Contamos com aproximadamente 253 catequistas em toda a Paróquia, que trabalham no serviço de evangelização de crianças e adolescentes: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura”.


Juventude

Cada comunidade possui seu movimento de jovens, visando uma melhor formação e um acompanhamento para os mesmos após o término da catequese.


Ação Internacional da Caridade - Senhoras

Realizam campanhas e bingos para ajuda às famílias carentes de nossa Cidade.


Liturgia

Cada comunidade possui suas Equipes Litúrgicas responsáveis pela organização das celebrações dominicais bem como outros assuntos que competem aos mesmos. Freqüentemente são realizados encontros de formação para as equipes.


M.E.C.E.

A Paróquia Santo Antonio de Imbituva, Diocese de Ponta Grossa, possui 250 ministros, sendo estes homens e mulheres distribuídos nas 36 comunidades. Estes fiéis leigos oferecem uma valiosa colaboração com gestos de caridade, testemunho de comunhão, piedade com o Santíssimo, ajudando assim a comunidade a crescer.


Pastoral da Criança : 9 comunidades.

    249 famílias que recebem das líderes toda atenção para uma boa saúde, alimentação e orientação para que as crianças cresçam com seus direitos respeitados, e as mães saibam valorizar o "ser mãe", como grande dom que Deus lhes deu. Essa luta ainda não terminou, mas já se nota o ótimo trabalho, pelo número de crianças que já estão bem alimentadas e não apresentam sinais de desnutrição. Esses voluntários merecem toda a admiração da comunidade de Imbituva. Que Deus recompense a cada um por tamanha dedicação "para que todos tenham vida e a tenham em abundância".


Párocos

1º. Pároco:  Pe. Geraldo Valenga, CM  - 2003 até 2008

2º. Pároco:  Pe. Jair Furmann, CM  - 2009 até 2010

3º. Pároco:  Pe. Leocadio José Zytkowski  - 2010 até 


ORAÇÃO

 Trezena de Santo Antônio

* Pode ser rezada tambem do dia 1° ao 13° de junho ou do mês em curso.

* Pode ser rezada nas 13 TERÇAS-FEIRAS EM HONRA DE SANTO ANTÔNIO.


Súplica

    Meu querido Santo Antônio, Santo dos mais carinhosos, o vosso ardente amor de Deus, as vossas sublimes virtudes e grande caridade para com o próximo vos mereceram durante a vida o poder de fazer milagres espantosos. Nada vos era impossível senão deixar de sentir compaixão pelos que necessitavam da vossa eficaz intercessão. A vós recorremos e vos imploramos que nos obtenhais a graça especial que neste momento pedimos. Ó bondoso e santo Taumaturgo, cujo coração estava sempre cheio de simpatia pelos homens, segredai as nossas preces ao Menino Jesus que tanto gostava de repousar nos vossos braços. Uma palavra vossa nos obterá as mercês que pedimos. (Segue-se a meditação do dia competente) 


1ª Terça-feira 

    Oração - Invencível Santo Antônio, mártir pelo desejo, pelo fervor do amor que vos inflamou com o ardente anseio de derramar o vosso sangue por Nosso Senhor Jesus Cristo, invocamos o vosso auxílio para que nos assistais a nós e a todos os agonizantes na hora da nossa morte, e para que obtenhais o eterno descanso para as almas do purgatório. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...) 


2ª Terça-feira 

    Oração - Ó Santo Antônio, grande Doutor da Igreja, que ilustrastes a eterna e imutável verdade tanto pela palavra como pelo exemplo, nós vos imploramos que nos conserveis na fé católica, que convertais os que estão fora da nossa Igreja e que extirpeis todos os erros e falsidades. Obtende também que os Governantes e os Magistrados exerçam a justiça com eqüidade e para o bem do povo. 

(Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...) 


3ª Terça-feira 

     Oração - Ó bondoso consolador Santo Antônio! Nunca quem procurou o vosso auxílio deixou de ser atendido. Humildemente vos suplicamos que nos auxilieis, a nós e a todo o mundo, nas calamidades e aflições; preservai-nos da falta de arrependimento, da covardia e do desespero; afastai de nós toda a intolerância e toda a discórdia. ( Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai...) 


4ª Terça-feira 

    Oração - Santo Antônio, fervoroso adorador de Nosso Senhor Jesus Cristo, que ateastes em toda a parte o fogo da caridade perante o qual os demônios fugiam, guardai as nossas almas e os nossos corpos, e defendei-os contra as tentações de Satanás, para que ele não tenha o poder de nos molestar em pensamentos, palavras e obras, e afastai de nós todos os vãos receios e imaginações. 

(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


5ª Terça-feira 

    Oração - Ó maravilhoso pregador Santo Antônio, a cujas poderosas palavras nenhum pecador podia resistir, humildemente vos suplicamos que preserveis os nossos corpos de febres, feridas e doenças infecciosas, e as nossas almas da lepra do pecado. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


6ª Terça-feira 

    Oração - Ó milagroso Taumaturgo Santo Antônio, em quem Deus manifestou o seu poder , livrai-nos de todas as fraquezas e enfermidades para que possamos sempre glorificar Deus Todo Poderoso, sãos de espírito e de corpo, e fortes de alma. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


7ª Terça-feira 

    Oração - Santo Antônio, fiel guia dos viajantes, a quem Deus deu o poder de dominar as tempestades e de acalmar as ondas do mar, preservai-nos a nós e a todos os viajantes dos perigos do mar e da terra, e do naufrágio das nossas almas. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


8ª Terça-feira 

    Oração - Ó valente confessor Santo Antônio, que libertastes das cadeias temporais os corpos dos homens, e das cadeias espirituais as suas almas, libertai os pobres cativos das prisões que não mereceram, e as almas que o pecado escraviza, das trevas dos seus cárceres espirituais, e auxiliai todos os que estão condenados à morte. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


9ª Terça-feira 

    Oração - Ó branca Flor da Pureza, Santo Antônio, que tivestes nos vossos braços virginais Jesus, o Filho de Deus, nós vos suplicamos que nos preserveis a nós, e a todos os que nos pertencem, dos males corporais; auxiliai também os surdos, os mudos, os cegos, os coxos, os disformes, e alcançai para eles a paciência necessária para suportarem as suas aflições. Ajudai também a preservar o corpo místico da Igreja, e fazei com que todas as nações, com os seus governantes e príncipes, se conservem fiéis ao seu chefe. 

(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


10ª Terça-feira 

    Oração - Fidelíssimo Santo Antônio, que desprezastes os bens deste mundo para poderes obter as riquezas de Cristo, ajudai-nos a nunca desejar nada que nos seja prejudicial, preservai-nos de todas as ambições mundanas e obtende-nos que procuremos sempre a graça, e, se a perdermos, não descansemos até recuperá-la. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


11ª Terça-feira 

    Oração - Santo Antônio, poderoso auxiliar, em quem o amor de Nosso Senhor Jesus Cristo obra tão grandes maravilhas, invocamos o vosso auxílio em todos os perigos, visíveis e invisíveis. Preservai-nos, pela vossa intercessão, dos nossos inimigos, dos raios, das tempestades, do incêndio e da guerra, e livrai-nos fielmente de todos os perigos da alma e do corpo. 

(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


12ª Terça-feira 

    Oração - Santo Antônio, refúgio universal, nós vos suplicamos que nos socorrais em todas as aflições, na pobreza e na enfermidade; que consoleis as viúvas e os órfãos, e todos aqueles que vos invocam nas suas necessidades. 

(Pai Nosso, Ave Maria, Glória...) 


13ª Terça-feira 

    Oração - Ó Glorioso Santo Antônio, honra de Portugal, Apóstolo de todas as nações, manifestai-nos o poder milagroso que tem ganho vitórias tão maravilhosas sobre o erro e a descrença, e acendei nos nossos corações a chama da divina caridade e do amor fraterno, a fim de que, unidos no aprisco verdadeiro do Divino Pastor, possamos glorificar Aquele que, com o Pai e o Espírito Santo, vive e reina eternamente. Amém. (Pai Nosso, Ave Maria, Glória...)





Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download