DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

       
SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros

Paróquia
Paróquia Nossa Senhora do Pilar

Dados Gerais
Fundação: 20/09/1970
Pároco:    Pe. Clayton Adriano D. Ferreira
Vigário:    INFORMAR

Contato
Secretária:INFORMAR
Telefone: (42) 3227-4593
e-mail:     paroquiapilarpg@gmail.com
Site:         INFORMAR
Facebook: INFORMAR

Missas
Segunda:    19h
Terça:         --------
Quarta:       8h | 19h
Quinta:       19h
Sexta:         8h | 19h
Sábado:      15h | 19h
Domingo:    8h | 10h | 18h

Confissões
Segunda:   Dia todo
Terça:       Dia todo
Quarta:     Dia todo
Quinta:     Dia todo
Sexta:       Dia todo
Sábado:    Dia todo
Domingo:  Dia todo


Como todas as Paróquias da cidade de Ponta Grossa desmembradas originalmente da Paróquia de Sant`Ana – Catedral, esta Paróquia teve sua origem na comunidade que se criou ao redor da Capela de Nossa Senhora do Pilar. Atendendo ao crescimento da comunidade naquele Bairro da Palmeirinha, foi a antiga capela elevada à categoria de Matriz em 20 de Setembro de 1970, desmembrada das Paróquias de São Sebastião e São José. Em outubro de 1974 foi iniciada a construção da nova Igreja Matriz. No começo a paróquia foi atendida pelos padres passionistas e depois os cuidados pastorais passaram para os padres da Ordem de Santo Agostinho – Agostinianos. Vale lembrar que da Paróquia do Pilar desmembrou a Paróquia de Nossa Senhora Medianeira no Jardim Esplanada em Ponta Grossa, quando então muitas comunidades que pertenciam à Paróquia N. Sra. do Pilar passaram a pertencer à nova Paróquia criada.


CAPELAS / COMUNIDADES.

Capela Santa Rita.

Capela Santo Agostinho.


Párocos

1º. Pároco: Pe. Martinho Beckers, CP – 1970 até 1972.

2º. Pároco: Pe. Antônio Roberto Gusso, CP – 1972 até 1974. 

3º. Pe. Valério Mascarello – OSA.

4º. Pe. Renato Brunello – OSA.

5º. Pe. Jaime Sória Cabeza – OSA.

6º. Pe. Ciríaco Madrigal – OSA.

7º. Pe. Isidrio Fernandes Freire – OSA.

8º. Pe. Jesus Madrid Rodriguez – OSA.

9º. Pe. Jaime Sória Cabeza – OSA.  2007...


Pastorais e Movimentos

INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA MISSIONÁRIA - Mensal

Movimento da Liga Católica - Jesus, Maria e José - Mensal

Movimento das Zeladoras de Capelinhas - Mensal

Movimento Sociedade de São Vicente de Paulo - SSVP - Mensal

Oficinas de Santa Rita de Cássia - Mensal

Pastoral da Criança - Mensal

Pastoral da Dizimo - Mensal

Pastoral da Dizimo - Mensal

Pastoral da Liturgia e do Canto Pastoral - Mensal

Pastoral da Pessoa Idosa - Mensal

Pastoral de Animação Bíblico-Catequética - Mensal

Pastoral do Batismo - Mensal

S.M.P. - Santas Missões Populares - Mensal



Consagração

Nossa Senhora do Pilar.


Este é o título mais antigo de Nossa Senhora, apesar de pouco conhecido no Brasil. A basílica do Pilar, em Saragoza, Espanha, é um santuário privilegiado. A tradição cristã traz a narrativa histórica da origem deste nome há mais de 1900 anos. Ela conta que a cada dia crescia o número de cristãos atraídos pela pregação e pelos milagres dos apóstolos. Mas, alguns judeus, em perseguição à Santa Igreja, maltratavam e matavam muitos cristãos. Os apóstolos então, indignados, começaram a pregar o evangelho a todos, segundo o mandato de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nas províncias da Espanha, foi São Tiago o incumbido de pregar o Santo Evangelho, mas, antes de partir, foi pedir a bênção de Maria Santíssima, assim como os outros apóstolos. Ao abençoar São Tiago, a Virgem falou: “Vai, meu filho, cumpre a ordem de teu Mestre, e por Ele te rogo que, naquela cidade da Espanha em que maior número de almas converteres a fé, edifiques uma igreja em minha memória, conforme o que eu te manifestar”.

 

O apóstolo Tiago pregou, então, em muitas províncias da Espanha, até chegar a Saragoza, à margem do rio Ebro. Lá, converteu oito varões a Jesus Cristo, com os quais se retirava à noite para as margens do rio, onde oravam e descansavam. Certa noite, ao descansar com seus discípulos, Tiago ouviu vozes angélicas que cantavam: “Ave Maria, gratia plena!” Ficando de joelhos, o apóstolo viu a Santíssima Virgem entre um coro de anjos, sentada num pilar de mármore. Maria, então, com muito carinho, disse ao apóstolo: “Eis aqui, meu filho, o lugar assinalado e destinado à minha honra, no qual, por teu cuidado e em minha memória, quero que seja edificada uma igreja; conserva este pilar onde estou sentada, porque meu Filho e teu Mestre enviou-o do céu pelas mãos dos anjos; junto a ele assentarás o altar da capela, e nele obrará a virtude do Altíssimo os portentos e maravilhas de minha intercessão, para com aqueles que, em suas necessidades, implorarem o meu patrocínio; e este pilar permanecerá aqui até o fim do mundo, e nunca faltarão nesta cidade verdadeiros cristãos que honrem o nome de Jesus Cristo, o meu Filho”. Subitamente, aquele exército de anjos, tomando Maria, levou-a de volta para sua casa em Jerusalém. Depois desse fato, a Virgem Maria viveu ainda durante onze anos. São Tiago, depois disso, tratou logo de edificar uma igreja naquele lugar, ajudado pelos oito discípulos, colocando o pilar na parte superior do altar e voltado para o rio Ebro. Esta é a origem do título Nossa Senhora do Pilar, muito invocado na católica Espanha. Vinte séculos já se passaram desde a aparição de Maria a São Tiago, e o pilar sagrado lá está, na basílica em Saragoza, atestando a proteção da Virgem Maria.

 

Virgem Imaculada! Minha Mãe! Maria!

Eu vos renovo, hoje e para sempre

a consagração de todo o meu ser

para que disponhais de mim

para o bem de todas as pessoas.

Somente vos peço,

minha rainha e mãe da igreja,

força para cooperar fielmente

na vossa missão de trazer

o reino de Jesus ao mundo.

Ofereço-vos, portanto,

Coração Imaculado de Maria,

as orações e os sacrifícios deste dia,

para que fiéis à nossa consagração,

sejamos igualmente disponíveis

a colaborar convosco

na construção de um mundo novo,

ó Maria concebida sem pecado!

rogai por nós que recorremos a vós

e por todos quantos recorrem a vós,

de modo particular as famílias

de nossa comunidade paroquial,

que vos venera com o título de

Senhora do Pilar.

 

Salve Rainha...




Navegue até a sua Paróquia



Cúria
Cúria
Imprensa
Clipping
Download