DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA

MENU

Paróquia
Paróquia São José

Dados Gerais
Fundação: 04/11/1936
Paroco:    Pe. Casemiro Oliszeski
Vigário:     INFORMAR

Contato
Secretária:INFORMAR
Telefone: (42) 3224-0616
e-mail:     saojosepg@hotmail.com
Site:         INFORMAR
Facebook: INFORMAR

Missas
Segunda:    15h | 19h | 22h
Terça:         7h
Quarta:       7h | 8h | 16h | 19h
Quinta:       7h | 15h | 19h
Sexta:         7h | 15h | 19h
Sábado:      7h | 19h
Domingo:    8h | 10h | 19h

Confissões
Segunda:   Dia todo
Terça:       Dia todo
Quarta:     Durante as Missas e Novenas
Quinta:     Dia todo
Sexta:       Dia todo
Sábado:    Dia todo
Domingo:  Dia todo


Histórico

    A Cidade de Ponta Grossa foi formada a partir do pouso dos tropeiros que vinham do Rio Grande do Sul em direção a São Paulo no século XVIII, e fica a 121 km de Curitiba, a capital do Estado, tendo uma população de 300.000 habitantes aproximadamente. É também conhecida como a "Princesa dos Campos Gerais".

    Sua posição geográfica favorece o comércio e a indústria, já que é um dos mais importantes entroncamentos rodo ferroviários do Brasil. É caracterizada pelas atividades econômicas de agroindústria, pecuária, indústria metal-mecânica, extração de talco, madeira, etc.

    No ano de 1934 chegaram a Ponta Grossa os Missionários Redentoristas e começaram seus trabalhos de evangelização no Município. A igreja usada para reunir as pessoas foi a capela do Asilo São Vicente de Paula, chamada capela do Espírito Santo.

    Aos 4 de novembro de 1936 foi criada por D. Antonio Mazzarotto a Paróquia São José, desmembrada da Paróquia Sant’Ana, que era a única paróquia no município. O território da nova Paróquia era a metade do Município de Ponta Grossa.

    Em 1938 o bairro das Órfãs, onde está a Paróquia, sofreu transformações muito importantes e exatamente neste ano foi iniciada a construção da Igreja São José.

    Também neste ano foi fundado o Colégio São José, cuja direção foi confiada às Irmãs da Sagrada Família.

    Aí começou a grande guinada para o desenvolvimento social, cultural e comercial do bairro. Estas obras proporcionaram muitos empregos aos profissionais da área que vieram para trabalhar e acabaram residindo no local.

    A Igreja de pedra, como é chamada a matriz de São José foi inaugurada aos 4 de maio de 1941 pelo bispo diocesano D. Antonio Mazzarotto.

    A Paróquia ficou ao encaro dos Padres Redentoristas até 5 de junho de 1993. Nestes 57 anos muita coisa aconteceu. As Novenas de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, nas quartas-feiras foram trazidas pelos Redentoristas, a Liga Católica Jesus, Maria, José, o Movimento de Cursilhos da Cristandade, o Encontro do Diálogo, a Evangelização Fundamental, também.

    Diversas são as Paróquias de Ponta Grossa desmembradas da Paróquia São José.

    A Paróquia São José foi se tornando uma referência religiosa de extrema importância para a cidade e diocese de Ponta Grossa.

    No dia 5 de junho de 1993, durante a missa presidida por D. Murilo Krieger, bispo diocesano, às 19:00 horas, a administração da Paróquia passou para o clero diocesano.

    Com os padres diocesanos as atividades pastorais continuaram normalmente e algumas foram incentivadas principalmente as atividades da Pastoral Social. Bem como o projeto "Paróquia Irmã", que visa auxiliar uma paróquia necessitada da diocese.

    D. Murilo Krieger achou por bem decretar a Paróquia São José também Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Isto fez com que as novenas às quartas-feiras tivessem um maior afluxo de fiéis e fosse necessário abrir mais um horário para a novena. Atualmente são nove novenas em cada quarta-feira: 7, 8, 10, 12, 15, 16, 18, 19 e 20 hrs.


Diáconos Permanentes:


Diác. Alfredo Assad Neto

Diác. Flávio Antonio Pauluk

Diác. Luiz Petit Ciola

 


Novenas - Quarta Feira


Festas dos Padroeiros:

São José: 19 de março e 1º. de maio.


 A Pastoral Social abrange


Alcoólicos Anônimos, Pastoral da Criança, Dentistas, Protéticos, Informática, Terapia, Farmácia, Oficinas de Santa Rita, Corte e Costura, Tricô, Overloque, Relógio da Vida com cestas básicas (Mutirão contra a Miséria e a Fome), Espanhol, Secretariado, Pré vestibular, Ginástica Social, Artesanato, Macramé, Abrolhos, Tapeçaria, Magia Russa, Bordado, e outras atividades.


Párocos

1º. Pároco:  Pe. José Reitter, C.Ss.R.  - 1934 até 1937

2º. Pároco:  Pe. Lourenço Habber, C.Ss.R.  - 1937 até 1940

3º. Pároco:  Pe. Frederico Fachamman, C.Ss.R.  - 1940 até 1944

4º. Pároco:  Pe. Thiago Murphy, C.Ss.R.  - 1944 até 1945

5º. Pároco:  Pe. Clemente Pirnak, C.Ss.R.  - 1945 até 1945

6º. Pároco:  Pe. Eduardo Baumann, C.Ss.R.  - 1945 até 1945

7º. Pároco:  Pe. Martinho Maerz, C.Ss.R.  - 1945 até 1951

8º. Pároco:  Pe. Bernardo Rainer, C.Ss.R.  - 1951 até 1957

9º. Pároco:  Pe. José Austin, C.Ss.R.  - 1957 até 1961

10º. Pároco:  Pe. Egídio Gardner, C.Ss.R.  - 1961 até 1965

11º. Pároco:  Pe. Francisco Feel, C.Ss.R.  - 1968 até 1975

12º. Pároco:  Pe. John Oconnor, C.Ss.R.  - 1975 até 1980

13º. Pároco:  Pe. Cláudio, C.Ss.R  - 1980 até 1984

14º. Pároco:  Pe. Carlos Sanson, C.Ss.R.  - 1984 até 1985

15º. Pároco:  Pe. Miguel Nascimento, C.Ss.R.  - 1985 até 1990

16º. Pároco:  Pe. Clemente Krug, C.Ss.R.  - 1990 até 1993

17º. Pároco:  Pe. Agostinho Antonio Rutkoski  - 1993 até 1999

18º. Pároco:  Pe. Wilson Aurélio Pianaro  - 2000 até 2001

19º. Pároco:  Pe. Agostinho Antonio Rutkoski  - 2002 até 2009

20º. Pároco:  Pe. Jaime Rossa  - 2009 até

Pastorais e Movimentos

Evangelização Fundamental - Adultos e Jovens. - Semanalmente - Período Noturno.

INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA MISSIONÁRIA - Sábado

Movimento da Liga Católica - Jesus, Maria e José - Mensal

Movimento das Zeladoras de Capelinhas - Mensal

Oficinas de Santa Rita de Cássia - Mensal

Pastoral da Dizimo - Mensal e Plantão nas Missas de final de semana.

Pastoral da Liturgia e do Canto Pastoral - Mensal

Pastoral da Liturgia e do Canto Pastoral - Mensal

Pastoral da Pessoa Idosa - Mensal

Pastoral de Animação Bíblico-Catequética - Durante a Semana e no Sábado.

Pastoral do Batismo - Mensal

S.M.P. - Santas Missões Populares - Mensal


INVOCAÇÃO A SÃO JOSÉ


Lembrai-vos, ó puríssimo esposo da Virgem Maria, meu amável protetor, São José, que nunca se ouviu dizer ficasse sem consolo quem invoca a vossa proteção e solicita vosso apoio. Cheio desta confiança, apresento-me diante de vós e animado de fervor me recomendo a vós. Ah! Não desprezeis minha súplica, Pai  nutrício do Redentor, mas dignai-vos acolhê-la piedosamente. Amém.

São José! Rogai por nós. 




Navegue até a sua Paróquia



Pastorais e Movimentos
Pastorais
Organismos
Movimnetos
Cúria
Cúria
Imprensa
Cliping
Download