DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 22/12/2020

Vendaval faz estragos em Comunidade Terapêutica

Chácara do Padre Wilton teve refeitório descoberto

 
Estrutura foi lançado a 50 metros Estrutura foi lançado a 50 metros | Crédito: Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton

     A Comunidade Terapêutica Padre Wilton, que funciona em uma chácara, na localidade de Conchas Velhas, no distrito de Uvaia, precisa de ajuda. No último sábado (19), a chuva forte acompanhada de rajadas de vento registrada na hora do almoço levou árvores, quebrou a porteira e pequenas partes laterais do telhado. O vendaval acertou em cheio o espaço que está sendo usado como refeitório da comunidade e arrancou a cobertura, a lançando em cima da lavanderia. Pedaços de ferro se espalharam por 50 metros. Ninguém se feriu. Os prejuízos foram calculados em aproximadamente R$ 25 mil.

     Padre Fernando Bauwelz, responsável pela Comunidade Terapêutica, conta que a cozinha está desativada devido a reformas e por isso estava sendo  usada a cozinha da Casa de Retiros. Foi esse o espaço descoberto pelo vento.   “Tinha gente na cozinha, mas ninguem se feriu. Nos organizamos e fizemos a limpeza, recolhemos pedaços de isopor por toda a chácara. Agora, estamos com a cozinha da Comunidade Terapêutica em obra para nos adequar às exigências da Vigilância Sanitária e dos Bombeiros, para podermos atender mais pessoas. E precisamos recobrir o espaço  provisório para não estragar a câmara fria e os equipamentos que não temos como movimetnar do lugar”, cita o padre.

     Conforme padre Fernando, é preciso arrumar o local para poder voltar usá-lo e terminar a obra da cozinha. “No meio da pandemia, já era um  compromisso que ia ser pautado pela providência de Deus. Só que, agora, temos essas duas grandes despesas em dezembro, quando temos o pagamento de 13º salário e todos os gastos de dezembro, e, nosso caixa está no zero. No mesmo dia que zerou o nosso caixa, aconteceu a fatalidade”, acrescenta.

     Ainda que não tenha sido levantado oficialmente o valor  total de prejuízos, padre Fernando calcula que os reparos devam custar entre R$ 20 e R$ 25 mil. Outra dificuldade é o recesso de final de ano  da maioria das empresas. “Quem poderia tocar a obra está entrando em recesso. Mas, já conseguimos recuperar a parte elétrica, que era a mais urgente e perigosa. E isolamos aquela área. Tenho fé e acredito que Deus vai passar à frente porque temos muitos amigos; muitas pessoas acreditam nessa obra e muitas já puderam se beneficiar em suas famílias dessa obra”, enfatiza o coordenador da Comunidade Terapêutica.

     Administrada pela Congregação Fraternidade da Copiosa Redenção, a Comunidade Terapêutica conta, atualmente, com 25 acolhidos.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Carreata encerra dia da padroeira em Castro   |   Festa de Sant’Ana especial este ano   |   Paróquia de Reserva realiza bênção dos veículos   |   Tríduo à Sant’Ana inicia nesta sexta   |  





Publicado em: 22/12/2020

Vendaval faz estragos em Comunidade Terapêutica

Chácara do Padre Wilton teve refeitório descoberto

 

     A Comunidade Terapêutica Padre Wilton, que funciona em uma chácara, na localidade de Conchas Velhas, no distrito de Uvaia, precisa de ajuda. No último sábado (19), a chuva forte acompanhada de rajadas de vento registrada na hora do almoço levou árvores, quebrou a porteira e pequenas partes laterais do telhado. O vendaval acertou em cheio o espaço que está sendo usado como refeitório da comunidade e arrancou a cobertura, a lançando em cima da lavanderia. Pedaços de ferro se espalharam por 50 metros. Ninguém se feriu. Os prejuízos foram calculados em aproximadamente R$ 25 mil.

     Padre Fernando Bauwelz, responsável pela Comunidade Terapêutica, conta que a cozinha está desativada devido a reformas e por isso estava sendo  usada a cozinha da Casa de Retiros. Foi esse o espaço descoberto pelo vento.   “Tinha gente na cozinha, mas ninguem se feriu. Nos organizamos e fizemos a limpeza, recolhemos pedaços de isopor por toda a chácara. Agora, estamos com a cozinha da Comunidade Terapêutica em obra para nos adequar às exigências da Vigilância Sanitária e dos Bombeiros, para podermos atender mais pessoas. E precisamos recobrir o espaço  provisório para não estragar a câmara fria e os equipamentos que não temos como movimetnar do lugar”, cita o padre.

     Conforme padre Fernando, é preciso arrumar o local para poder voltar usá-lo e terminar a obra da cozinha. “No meio da pandemia, já era um  compromisso que ia ser pautado pela providência de Deus. Só que, agora, temos essas duas grandes despesas em dezembro, quando temos o pagamento de 13º salário e todos os gastos de dezembro, e, nosso caixa está no zero. No mesmo dia que zerou o nosso caixa, aconteceu a fatalidade”, acrescenta.

     Ainda que não tenha sido levantado oficialmente o valor  total de prejuízos, padre Fernando calcula que os reparos devam custar entre R$ 20 e R$ 25 mil. Outra dificuldade é o recesso de final de ano  da maioria das empresas. “Quem poderia tocar a obra está entrando em recesso. Mas, já conseguimos recuperar a parte elétrica, que era a mais urgente e perigosa. E isolamos aquela área. Tenho fé e acredito que Deus vai passar à frente porque temos muitos amigos; muitas pessoas acreditam nessa obra e muitas já puderam se beneficiar em suas famílias dessa obra”, enfatiza o coordenador da Comunidade Terapêutica.

     Administrada pela Congregação Fraternidade da Copiosa Redenção, a Comunidade Terapêutica conta, atualmente, com 25 acolhidos.


Diocede Ponta Grossa
Estrutura foi lançado a 50 metros   |   Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton

Diocede Ponta Grossa
O telhado do refeitório foi arrancado   |   Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton

Diocede Ponta Grossa
O vento causou muita destruição   |   Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton

Diocede Ponta Grossa
O vendaval arrancou árvores e danificou estruturas   |   Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton

Diocede Ponta Grossa
Os destroços foram jogados em cima da lavanderia   |   Acervo Comunidade Terapêutica Padre Wilton


Navegue até a sua Paróquia