DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA


SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 13/05/2021

Paróquia de Irati celebra Mês Vocacional

Momento rende graças a Jubileu de Prata e ordenação

 
Transferido para a paróquia em 2016, o padre está celebrando junto à comunidade. Aqui, na Capela Nossa Senhora das Graças, bairro Canisianas Transferido para a paróquia em 2016, o padre está celebrando junto à comunidade. Aqui, na Capela Nossa Senhora das Graças, bairro Canisianas | Crédito: Arquivo Pessoal

     É no contexto das comemorações do Jubileu de Prata de seu pároco, padre Jorge Casimirski, e da ordenação do diácono André Guerreiro, filho de Irati, que será ordenado presbítero em Roma, no próximo dia 22, que a Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati, está realizando o Mês Vocacional. As celebrações em ação de graças pelos 25 anos de sacerdócio de padre Jorge começaram já no dia 1º. Na próxima terça-feira (18), data de sua ordenação, uma missa deverá reuni padres e religiosos de toda a Diocese de Ponta Grossa.

     Padre Jorge conta que celebrou em praticamente todas as 13 comunidades da Paróquia Nossa Senhora da Luz. No dia 15, às 18 horas, celebra com a comunidade da matriz, e, no domingo, às 15 horas, com famílias de outras paroquias e familiares seus. Para a celebração do dia 18 – data de sua ordenação – foram convidados padres diocesanos e religiosos de toda a Diocese, e, o pároco da paróquia Imaculado Coração de Maria (Rito Ucraniano), padre Dionísio Mazur. “Quero agradecer a Deus junto com a comunidade paroquial os 25 anos de vida sacerdotal e a intercessão de Nossa Senhora da Luz, padroeira de Irati e da paróquia”, destaca. A missa será às 10 horas.

     De acordo com o padre, diante do tempo que estamos atravessando, achou justo celebrar de modo separado, em cada comunidade da paróquia e em outras comunidades paroquiais em que trabalhou. “Comecei pela paróquia, na cidade onde vivo desde os dois anos de idade. Quis ir às comunidades agradecer aos que ajudaram a desenvolver o meu sacerdócio, me incentivando através de suas orações e amizade”, argumenta, citando que celebrou também na Paróquia Menino Deus, em Reserva, dia 10, e, irá a Sant’Ana, de Castro, dia 23; a Nossa Senhora dos Remédios, dia 30, e à Paróquia São Judas Tadeu, de Ponta Grossa, primeira comunidade que trabalhou, no início de seu sacerdócio. Padre Jorge ainda não sabe a data da celebração.

     “Estamos aproveitando esses dois acontecimentos, meu Jubileu de Prata e a ordenação presbiteral do diácono André, junto à Congregação Opus Dei, para levar às pessoas essa consciência da necessidade de continuar rezando ao dono da messe para que mande mais operários para trabalhar na messe do Senhor”, ressalta padre Jorge. “Peço a Deus que ajudem rezando não só por mim, mas pelos demais sacerdotes, para que essa consciência vocacional cresça cada vez mais”.


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Doações a seminários já são entregues   |   Bispo celebra os 60 anos do Marista   |   A padroeira que caminha com a Diocese   |   Paróquia celebra centenário da Legião de Maria   |  





Publicado em: 13/05/2021

Paróquia de Irati celebra Mês Vocacional

Momento rende graças a Jubileu de Prata e ordenação

 

     É no contexto das comemorações do Jubileu de Prata de seu pároco, padre Jorge Casimirski, e da ordenação do diácono André Guerreiro, filho de Irati, que será ordenado presbítero em Roma, no próximo dia 22, que a Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati, está realizando o Mês Vocacional. As celebrações em ação de graças pelos 25 anos de sacerdócio de padre Jorge começaram já no dia 1º. Na próxima terça-feira (18), data de sua ordenação, uma missa deverá reuni padres e religiosos de toda a Diocese de Ponta Grossa.

     Padre Jorge conta que celebrou em praticamente todas as 13 comunidades da Paróquia Nossa Senhora da Luz. No dia 15, às 18 horas, celebra com a comunidade da matriz, e, no domingo, às 15 horas, com famílias de outras paroquias e familiares seus. Para a celebração do dia 18 – data de sua ordenação – foram convidados padres diocesanos e religiosos de toda a Diocese, e, o pároco da paróquia Imaculado Coração de Maria (Rito Ucraniano), padre Dionísio Mazur. “Quero agradecer a Deus junto com a comunidade paroquial os 25 anos de vida sacerdotal e a intercessão de Nossa Senhora da Luz, padroeira de Irati e da paróquia”, destaca. A missa será às 10 horas.

     De acordo com o padre, diante do tempo que estamos atravessando, achou justo celebrar de modo separado, em cada comunidade da paróquia e em outras comunidades paroquiais em que trabalhou. “Comecei pela paróquia, na cidade onde vivo desde os dois anos de idade. Quis ir às comunidades agradecer aos que ajudaram a desenvolver o meu sacerdócio, me incentivando através de suas orações e amizade”, argumenta, citando que celebrou também na Paróquia Menino Deus, em Reserva, dia 10, e, irá a Sant’Ana, de Castro, dia 23; a Nossa Senhora dos Remédios, dia 30, e à Paróquia São Judas Tadeu, de Ponta Grossa, primeira comunidade que trabalhou, no início de seu sacerdócio. Padre Jorge ainda não sabe a data da celebração.

     “Estamos aproveitando esses dois acontecimentos, meu Jubileu de Prata e a ordenação presbiteral do diácono André, junto à Congregação Opus Dei, para levar às pessoas essa consciência da necessidade de continuar rezando ao dono da messe para que mande mais operários para trabalhar na messe do Senhor”, ressalta padre Jorge. “Peço a Deus que ajudem rezando não só por mim, mas pelos demais sacerdotes, para que essa consciência vocacional cresça cada vez mais”.


Diocede Ponta Grossa
Transferido para a paróquia em 2016, o padre está celebrando junto à comunidade. Aqui, na Capela Nossa Senhora das Graças, bairro Canisianas   |   Arquivo Pessoal

Diocede Ponta Grossa
Padre Jorge: agradecer a Deus pelo caminho percorrido   |   Arquivo Pessoal


Navegue até a sua Paróquia