DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 26/09/2021

Bispos concluem segunda assembleia anual

Foram dois dias de reunião do episcopado do Paraná

 
Bispos de todo o Paraná falaram sobre, entre outras coisas, a saúde mental dos presbíteros Bispos de todo o Paraná falaram sobre, entre outras coisas, a saúde mental dos presbíteros | Crédito: Karina Carvalho

O primeiro tema abordado pelo episcopado paranaense foi a 6ª Semana Social Brasileira. Sendo uma das lideranças desse projeto, Jardel Lopes expos aos bispos as atividades já realizadas em âmbito regional e nacional e o caminho a ser percorrido. Em seguida, a coordenadora em conjunto das Comunidades Eclesiais de Base, Salete Bez, apresentou aos bispos o projeto ‘O Pão Nosso’, promovido pela Cáritas Paraná e CNBB Sul 2. Um projeto que integra a Ação Solidária Emergencial da CNBB ‘É tempo de cuidar’.


     Na sequência, o arcebispo de Londrina e presidente do Regional Sul 2 da CNBB, Dom Geremias Steinmetz, falou sobre a preparação para a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe e para o Sínodo dos Bispos. Além desses temas, os bispos dialogaram sobre outras ações no âmbito social, sobre a formação dos seminaristas, a saúde mental dos presbíteros e questões referentes à administração do Regional Sul 2.  


     Para o secretário do Regional, Dom Amilton Manoel da Silva, bispo de Guarapuava, esse modelo on-line tem se tornado uma ferramenta muito útil, neste momento de pandemia. “Em vários momentos, nós precisamos nos servir dessa forma, porque além da praticidade tem a questão econômica. A modalidade on-line tem sido uma saída boa, inteligente e necessária nesse tempo. Porém, ela não substitui os encontros presenciais, pois olhar no rosto do outro, estar próximo, nos compromete mais com aquilo que se reflete e com aquilo que se decide”, disse Dom Amilton.


     Avaliando a assembleia, Dom Amilton, que coordenou a pauta da reunião, destacou alguns pontos positivos: “A reunião foi boa pela praticidade, economia financeira, economia de tempo, pois na modalidade on-line os assuntos acabam sendo tratados de forma mais objetiva. A praticidade aqui passa pela objetividade dos temas e as contribuições de todos de forma mais sintetizada”. Essa objetividade, segundo Dom Amilton, deve ser um aprendizado para quando os encontros voltarem a ser presenciais.


     O último assunto da pauta da assembleia foi a aprovação e correção de uma carta que o episcopado paranaense vai enviar ao Papa Francisco. Com essa carta, os bispos querem agradecer o sumo pontífice pelo Motu Proprio Traditionis Custodes, manifestando a comunhão e colegialidade com seu ministério.


     A assembleia dos bispos concluiu-se às 12 horas. A próxima assembleia está prevista para acontecer no mês de marco de 2022. Segundo Dom Amilton, a expectativa é que volte a ser presencial, porém, a decisão de data e local ainda depende dos desdobramentos da pandemia.  


∗Texto: Karina Carvalho/Assessoria de Comunicação Regional Sul 2


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Feira de negócios encerra curso   |   Paróquia Cristo Rei completa 100 anos   |   Sínodo 2023: live quer preparar católicos   |   Festa de Aparecida marcada pela fé   |  





Publicado em: 26/09/2021

Bispos concluem segunda assembleia anual

Foram dois dias de reunião do episcopado do Paraná

 

O primeiro tema abordado pelo episcopado paranaense foi a 6ª Semana Social Brasileira. Sendo uma das lideranças desse projeto, Jardel Lopes expos aos bispos as atividades já realizadas em âmbito regional e nacional e o caminho a ser percorrido. Em seguida, a coordenadora em conjunto das Comunidades Eclesiais de Base, Salete Bez, apresentou aos bispos o projeto ‘O Pão Nosso’, promovido pela Cáritas Paraná e CNBB Sul 2. Um projeto que integra a Ação Solidária Emergencial da CNBB ‘É tempo de cuidar’.


     Na sequência, o arcebispo de Londrina e presidente do Regional Sul 2 da CNBB, Dom Geremias Steinmetz, falou sobre a preparação para a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe e para o Sínodo dos Bispos. Além desses temas, os bispos dialogaram sobre outras ações no âmbito social, sobre a formação dos seminaristas, a saúde mental dos presbíteros e questões referentes à administração do Regional Sul 2.  


     Para o secretário do Regional, Dom Amilton Manoel da Silva, bispo de Guarapuava, esse modelo on-line tem se tornado uma ferramenta muito útil, neste momento de pandemia. “Em vários momentos, nós precisamos nos servir dessa forma, porque além da praticidade tem a questão econômica. A modalidade on-line tem sido uma saída boa, inteligente e necessária nesse tempo. Porém, ela não substitui os encontros presenciais, pois olhar no rosto do outro, estar próximo, nos compromete mais com aquilo que se reflete e com aquilo que se decide”, disse Dom Amilton.


     Avaliando a assembleia, Dom Amilton, que coordenou a pauta da reunião, destacou alguns pontos positivos: “A reunião foi boa pela praticidade, economia financeira, economia de tempo, pois na modalidade on-line os assuntos acabam sendo tratados de forma mais objetiva. A praticidade aqui passa pela objetividade dos temas e as contribuições de todos de forma mais sintetizada”. Essa objetividade, segundo Dom Amilton, deve ser um aprendizado para quando os encontros voltarem a ser presenciais.


     O último assunto da pauta da assembleia foi a aprovação e correção de uma carta que o episcopado paranaense vai enviar ao Papa Francisco. Com essa carta, os bispos querem agradecer o sumo pontífice pelo Motu Proprio Traditionis Custodes, manifestando a comunhão e colegialidade com seu ministério.


     A assembleia dos bispos concluiu-se às 12 horas. A próxima assembleia está prevista para acontecer no mês de marco de 2022. Segundo Dom Amilton, a expectativa é que volte a ser presencial, porém, a decisão de data e local ainda depende dos desdobramentos da pandemia.  


∗Texto: Karina Carvalho/Assessoria de Comunicação Regional Sul 2


Diocede Ponta Grossa
Bispos de todo o Paraná falaram sobre, entre outras coisas, a saúde mental dos presbíteros   |   Karina Carvalho

Diocede Ponta Grossa
A coordenação da pauta foi feita por Dom Amilton e padre Valdecir Badzinski   |   Karina Carvalho


Navegue até a sua Paróquia