DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 11/02/2022

Paróquias promovem bênção das mochilas

Iniciativa é do Ministério para Crianças da RCC

 
O grupo de Oração Bom Pastor realizou a bênção no dia 1º em Imbituva O grupo de Oração Bom Pastor realizou a bênção no dia 1º em Imbituva | Crédito: RCC Paróquia Santo Antônio

As aulas estão reiniciando neste começo de ano. Em algumas cidades, o período letivo já foi aberto, em outras ainda não. Para começar bem o ano de estudos, o Ministério para as Crianças e Adolescentes da Renovação Carismática Católica, através dos diversos Grupos de Oração espalhados pela Diocese de Ponta Grossa, tem apresentado às paróquias o Projeto Bênção das Mochilas. Um momento celebrativo em que os estudantes trazem suas bolsas escolares para serem abençoadas. Em Telêmaco Borba e Reserva, a bênção acontecerá neste domingo (13) e, e, em Piraí do Sul, no dia 20.


     Em Reserva, a bênção será em um dos momentos da missa das 8h30, na igreja matriz da Paróquia Menino Jesus. Na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Telêmaco Borba, as mochilas serão abençoadas na celebração das 19h30, também na igreja matriz. O pároco, padre Primo Aparecido de Hipólito, conta que é a primeira vez que concede a bênção. “Quando eu estava de férias, conversando com um leigo redentorista, ele comentou sobre essa bênção. Há uns quinze dias, fui procurado pela responsável pelo Ministério das Crianças da RCC, aqui de Telêmaco, citando que fazia parte desse ministério a bênção e pedindo para que pudesse fazê-la. Veio ao encontro do que já me tinham sugerido. Em um certo momento da missa, as famílias com as crianças vão trazer as mochilas para que aconteça esse pequeno rito de bênção. Uma experiência nova, mas de grande valor. Bênção nunca é demais”, comenta padre Primo.


     A Missa da Benção das Mochilas é um projeto nacional do Ministério para as Crianças e Adolescentes e pensa em proporcionar um encontro entre Igreja, família e escola, onde as crianças passam a maior parte do tempo durante o ano, e despertar a comunhão entre elas não apenas na teoria, mas na prática e no convívio social. Também tem o objetivo de resgatar o valor da benção nas famílias, mostrando sua importância. “Iniciativa do Papa Bento XVI de se reunir todos os anos, no mês de setembro, num encontro já tradicional com os estudantes europeus que chegavam com suas mochilas e no final recebiam a benção. ‘Os estudantes iniciem o ano letivo com novo ardor e com amoroso empenho, depositando sua fé n’Aquele que nos capacita para todas as coisas’, dizia o Papa”, relembra a coordenadora diocesana do Ministério das Crianças e Adolescentes, Solange Cristina Dornelles.


     De acordo com Solange, o grande objetivo da celebração é promover a paz nas escolas e estimular a tolerância, através da presença de Deus já que estamos no início de um novo ano letivo, no qual queremos pedir a Ele que abençoe o nosso caminho. “Nas escolas, as crianças e adolescentes aprendem coisas novas, adquirem conhecimentos em diversas disciplinas, mas também devem aprender, a cada dia, a respeitar o outro, a cuidar das pessoas, a serem pessoas justas e solidárias. Para tudo isso, pedimos a bênção de Deus.  Mas precisamos também aprender a agradecer a Deus pelas coisas boas que temos: nossa casa, nossa comida, nossas famílias. Tudo isso faz parte da bagagem que carregamos. Um símbolo dessa bagagem é a mochila”, destaca. Na Diocese a bênção já aconteceu em Imbituva, no dia 1º, na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, da Paróquia Santo Antônio. Deve ocorrer também em Castro, Piraí do Sul, Ponta Grossa e Irati. Em Piraí, a celebração será no dia 20, na missa das 19 horas, na Capela São José. As demais datas estão sendo agendadas de acordo com os párocos. 


     “Sugere-se que seja primeira semana após o início das aulas, mais isso também vai depender do sacerdote”, explica Solange, contando que em Irati, o padre sugeriu para que a bênção foi feita dentro do grupo de oração com um diácono, ministro ou servo rezando. Ainda vão decidir o dia.


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Jovem da Diocese de Ponta Grossa vai representar o Paraná em missão nacional   |   hightech   |   tesdtetetetete   |   Tibagi tem relíquias de nova santa católica   |  





Publicado em: 11/02/2022

Paróquias promovem bênção das mochilas

Iniciativa é do Ministério para Crianças da RCC

 

As aulas estão reiniciando neste começo de ano. Em algumas cidades, o período letivo já foi aberto, em outras ainda não. Para começar bem o ano de estudos, o Ministério para as Crianças e Adolescentes da Renovação Carismática Católica, através dos diversos Grupos de Oração espalhados pela Diocese de Ponta Grossa, tem apresentado às paróquias o Projeto Bênção das Mochilas. Um momento celebrativo em que os estudantes trazem suas bolsas escolares para serem abençoadas. Em Telêmaco Borba e Reserva, a bênção acontecerá neste domingo (13) e, e, em Piraí do Sul, no dia 20.


     Em Reserva, a bênção será em um dos momentos da missa das 8h30, na igreja matriz da Paróquia Menino Jesus. Na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Telêmaco Borba, as mochilas serão abençoadas na celebração das 19h30, também na igreja matriz. O pároco, padre Primo Aparecido de Hipólito, conta que é a primeira vez que concede a bênção. “Quando eu estava de férias, conversando com um leigo redentorista, ele comentou sobre essa bênção. Há uns quinze dias, fui procurado pela responsável pelo Ministério das Crianças da RCC, aqui de Telêmaco, citando que fazia parte desse ministério a bênção e pedindo para que pudesse fazê-la. Veio ao encontro do que já me tinham sugerido. Em um certo momento da missa, as famílias com as crianças vão trazer as mochilas para que aconteça esse pequeno rito de bênção. Uma experiência nova, mas de grande valor. Bênção nunca é demais”, comenta padre Primo.


     A Missa da Benção das Mochilas é um projeto nacional do Ministério para as Crianças e Adolescentes e pensa em proporcionar um encontro entre Igreja, família e escola, onde as crianças passam a maior parte do tempo durante o ano, e despertar a comunhão entre elas não apenas na teoria, mas na prática e no convívio social. Também tem o objetivo de resgatar o valor da benção nas famílias, mostrando sua importância. “Iniciativa do Papa Bento XVI de se reunir todos os anos, no mês de setembro, num encontro já tradicional com os estudantes europeus que chegavam com suas mochilas e no final recebiam a benção. ‘Os estudantes iniciem o ano letivo com novo ardor e com amoroso empenho, depositando sua fé n’Aquele que nos capacita para todas as coisas’, dizia o Papa”, relembra a coordenadora diocesana do Ministério das Crianças e Adolescentes, Solange Cristina Dornelles.


     De acordo com Solange, o grande objetivo da celebração é promover a paz nas escolas e estimular a tolerância, através da presença de Deus já que estamos no início de um novo ano letivo, no qual queremos pedir a Ele que abençoe o nosso caminho. “Nas escolas, as crianças e adolescentes aprendem coisas novas, adquirem conhecimentos em diversas disciplinas, mas também devem aprender, a cada dia, a respeitar o outro, a cuidar das pessoas, a serem pessoas justas e solidárias. Para tudo isso, pedimos a bênção de Deus.  Mas precisamos também aprender a agradecer a Deus pelas coisas boas que temos: nossa casa, nossa comida, nossas famílias. Tudo isso faz parte da bagagem que carregamos. Um símbolo dessa bagagem é a mochila”, destaca. Na Diocese a bênção já aconteceu em Imbituva, no dia 1º, na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, da Paróquia Santo Antônio. Deve ocorrer também em Castro, Piraí do Sul, Ponta Grossa e Irati. Em Piraí, a celebração será no dia 20, na missa das 19 horas, na Capela São José. As demais datas estão sendo agendadas de acordo com os párocos. 


     “Sugere-se que seja primeira semana após o início das aulas, mais isso também vai depender do sacerdote”, explica Solange, contando que em Irati, o padre sugeriu para que a bênção foi feita dentro do grupo de oração com um diácono, ministro ou servo rezando. Ainda vão decidir o dia.


 


Diocede Ponta Grossa
O grupo de Oração Bom Pastor realizou a bênção no dia 1º em Imbituva   |   RCC Paróquia Santo Antônio

Diocede Ponta Grossa
As crianças vieram para a missa com suas mochilas   |   RCC Paróquia Santo Antônio


Navegue até a sua Paróquia