DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 17/02/2022

Seminaristas iniciam vivência do Ano Pastoral

Cinco paróquias da Diocese acolheram os jovens

 
A missa de acolhida de Gabriel aconteceu no último domingo A missa de acolhida de Gabriel aconteceu no último domingo | Crédito: Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

     Cinco seminaristas da Diocese de Ponta Grossa estão deixando o processo de formação dentro do seminário para iniciar a Etapa do Ano Pastoral nas paróquias. No último dia 6, iniciaram suas vivências na comunidade André Emanuel França, acolhido pela Paróquia Nossa Senhora Medianeira, e, Antônio Santos Júnior, na Paróquia Senhor Menino Deus, em Piraí do Sul. Dia 12, Jefferson Davi Sviercoski Sanchez foi recebido em Fernandes Pinheiro, na Paróquia São Sebastião, e, dia 13, Gabriel Freytag teve missa de acolhida celebrada na Paróquia São João Batista, em Irati. Neste domingo (20), será a vez de Iuri Nack Buss ser recepcionado com uma celebração, às 19 horas, na Paróquia Santa Rita de Cássia.


     Os cinco cursaram já três anos de Filosofia e outros dois de Teologia, saem, agora, para o Ano Pastoral e, depois, no final do ano, voltam para concluir os dois últimos anos de Teologia. De acordo com as Diretrizes para a Formação de Presbíteros da Igreja no Brasil, o objetivo da Etapa Pastoral é ao futuro sacerdote uma oportunidade para a síntese vocacional-pessoal, e um espaço de preparação prática e sistemática no campo da ação evangelizadora e missionária, como expressão de autêntica caridade pastoral. “O presbítero é chamado a formar-se para que o seu coração e sua vida sejam conformados ao Senhor Jesus, de modo a tornar-se um sinal de amor de Deus por cada ser humano e a imitar Jesus que trabalhou com mãos humanas, agiu com vontade humana, amou com coração humano”, pontua o documento da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 


     O seminarista Gabriel Freytag se dizia muito feliz pela oportunidade por ter avançado para mais essa etapa. “Quero agradecer a confiança da Diocese, do reitor de nos ajudar a dar esse passo. Quero, junto com essa comunidade, aprender a ser um bom padre e futuramente corresponder no ministério ordenado. A experiência sempre enriquece, mais do que você aprender na teoria, é você conviver com as pessoas, estar junto do povo de Deus porque não se fica padre para a gente mesmo, se fica padre para a Igreja e esse contato com o povo é muito importante para que se concretize de fato esse ‘ser padre’ depois”, afirma.


     Para Jefferson Sanchez a experiência do ano pastoral vai favorecer a vivência em comunidade. “Esse período vai me ensinar como é a vida do padre e mostrar como é a vida do povo de Deus, seus anseios, suas devoções, compartilhar de suas alegrias e aprender como é uma paróquia e como é o ser Igreja, aprender também com eles e com o padre a ser um bom pastor, configurando-se assim ao próprio Cristo Sacerdote”


 


 


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Jovem da Diocese de Ponta Grossa vai representar o Paraná em missão nacional   |   hightech   |   tesdtetetetete   |   Tibagi tem relíquias de nova santa católica   |  





Publicado em: 17/02/2022

Seminaristas iniciam vivência do Ano Pastoral

Cinco paróquias da Diocese acolheram os jovens

 

     Cinco seminaristas da Diocese de Ponta Grossa estão deixando o processo de formação dentro do seminário para iniciar a Etapa do Ano Pastoral nas paróquias. No último dia 6, iniciaram suas vivências na comunidade André Emanuel França, acolhido pela Paróquia Nossa Senhora Medianeira, e, Antônio Santos Júnior, na Paróquia Senhor Menino Deus, em Piraí do Sul. Dia 12, Jefferson Davi Sviercoski Sanchez foi recebido em Fernandes Pinheiro, na Paróquia São Sebastião, e, dia 13, Gabriel Freytag teve missa de acolhida celebrada na Paróquia São João Batista, em Irati. Neste domingo (20), será a vez de Iuri Nack Buss ser recepcionado com uma celebração, às 19 horas, na Paróquia Santa Rita de Cássia.


     Os cinco cursaram já três anos de Filosofia e outros dois de Teologia, saem, agora, para o Ano Pastoral e, depois, no final do ano, voltam para concluir os dois últimos anos de Teologia. De acordo com as Diretrizes para a Formação de Presbíteros da Igreja no Brasil, o objetivo da Etapa Pastoral é ao futuro sacerdote uma oportunidade para a síntese vocacional-pessoal, e um espaço de preparação prática e sistemática no campo da ação evangelizadora e missionária, como expressão de autêntica caridade pastoral. “O presbítero é chamado a formar-se para que o seu coração e sua vida sejam conformados ao Senhor Jesus, de modo a tornar-se um sinal de amor de Deus por cada ser humano e a imitar Jesus que trabalhou com mãos humanas, agiu com vontade humana, amou com coração humano”, pontua o documento da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. 


     O seminarista Gabriel Freytag se dizia muito feliz pela oportunidade por ter avançado para mais essa etapa. “Quero agradecer a confiança da Diocese, do reitor de nos ajudar a dar esse passo. Quero, junto com essa comunidade, aprender a ser um bom padre e futuramente corresponder no ministério ordenado. A experiência sempre enriquece, mais do que você aprender na teoria, é você conviver com as pessoas, estar junto do povo de Deus porque não se fica padre para a gente mesmo, se fica padre para a Igreja e esse contato com o povo é muito importante para que se concretize de fato esse ‘ser padre’ depois”, afirma.


     Para Jefferson Sanchez a experiência do ano pastoral vai favorecer a vivência em comunidade. “Esse período vai me ensinar como é a vida do padre e mostrar como é a vida do povo de Deus, seus anseios, suas devoções, compartilhar de suas alegrias e aprender como é uma paróquia e como é o ser Igreja, aprender também com eles e com o padre a ser um bom pastor, configurando-se assim ao próprio Cristo Sacerdote”


 


 


 


Diocede Ponta Grossa
A missa de acolhida de Gabriel aconteceu no último domingo   |   Arquivo AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Jefferson foi acompanhado por pessoas de sua comunidade de origem, a Bom Jesus, do Tronco/Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Castro   |   Acervo Pessoal

Diocede Ponta Grossa
Antônio com os agentes da Pastoral Vocacional   |   Acervo Pessoal


Navegue até a sua Paróquia