DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 26/02/2022

Missa de agradecimento a padre Wagner

Despedida será neste domingo, na Paróquia Menino Jesus

 
Padre Wagner estava em Reserva desde 2019 Padre Wagner estava em Reserva desde 2019 | Crédito: PMJ

A missa de agradecimento ao padre Wagner Oliveira, pelos mais de três anos de serviço na Paróquia Menino Jesus, em Reserva, acontece neste domingo (27), às 19 horas, na igreja-matriz. Celebração terá transmissões no Facebook, Youtube da paróquia e via rádio comunitária. O sacerdote foi designado pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi para administrar a chamada ‘quase paróquia’ São João Paulo II, no Jardim Itapoá, em Ponta Grossa, território hoje pertencente a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, no Núcleo Santa Paula, no Bairro Contorno. 


     . “O administrador paroquial tem os mesmos deveres e os mesmos direitos que o pároco, salvo determinação contrária do Bispo diocesano”, diz trecho do Código do Direito Canônico. Padre Wagner assumirá a nova função no próximo dia 4, ficando à frente de todo o processo de desmembramento das comunidades onde existem as capelas Nossa Senhora das Dores, no Núcleo Santa Terezinha; Mãe da Igreja, na Vila Ricci; Mãe da Divina Providência, no Gralha Azul e Capela Nossa Senhora do Rosário, na Colônia Guaraúna. Todas capelas pertencentes atualmente à Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, e onde vivem aproximadamente 60 mil pessoas.


     “Na verdade, fui pego de surpresa (com a designação do bispo). Vai ser uma responsabilidade imensa. Mas, vai ser bom. Por um lado, estou tranquilo porque estou seguro, estando ao lado do vigário judicial que é o padre Athanagildo (Vaz Neto) e do padre Wellington (Marcondes) que é juiz, ficando ali com eles, fica até melhor para a gente combinar toda a organização, os passos que precisam ser dados e tudo mais. Por outro lado, é uma missão grande. Começar uma nova paróquia é algo bastante exigente, mas Deus nos ilumine”!


      Ordenado no dia 30 de julho de 2017, atualmente padre Wagner faz parte do Tribunal Eclesiástico da Diocese, cursa mestrado em Direito Canônico e é diretor espiritual da Secretaria da Juventude Legionária (SEJULE) do Senatus Assumpta de Ponta Grossa, da Legião de Maria, e da Renovação Carismática Católica.  O sacerdote chegou à Paróquia Menino Jesus em 14 de abril de 2019, em um Domingo de Ramos, depois de um período de dois anos na Paróquia São José, de Ponta Grossa.


     A Paróquia Menino Jesus terá ainda outras mudanças. Em função das transferências dos dois padres que serviam ali – padre Wagner e padre Fábio Sejanoski, que assume amanhã (27) como vigário da Paróquia São João Batista, em Canutama (AM) - padre Rafael Moreira será empossado como administrador paroquial e padre Alexandre Spena Regueira, como vigário. Padre Alexandre vem da Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati. A posse de ambos será no mesmo dia e horário: dia 6 de março, às 19 horas.


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Jovem da Diocese de Ponta Grossa vai representar o Paraná em missão nacional   |   hightech   |   tesdtetetetete   |   Tibagi tem relíquias de nova santa católica   |  





Publicado em: 26/02/2022

Missa de agradecimento a padre Wagner

Despedida será neste domingo, na Paróquia Menino Jesus

 

A missa de agradecimento ao padre Wagner Oliveira, pelos mais de três anos de serviço na Paróquia Menino Jesus, em Reserva, acontece neste domingo (27), às 19 horas, na igreja-matriz. Celebração terá transmissões no Facebook, Youtube da paróquia e via rádio comunitária. O sacerdote foi designado pelo bispo Dom Sergio Arthur Braschi para administrar a chamada ‘quase paróquia’ São João Paulo II, no Jardim Itapoá, em Ponta Grossa, território hoje pertencente a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, no Núcleo Santa Paula, no Bairro Contorno. 


     . “O administrador paroquial tem os mesmos deveres e os mesmos direitos que o pároco, salvo determinação contrária do Bispo diocesano”, diz trecho do Código do Direito Canônico. Padre Wagner assumirá a nova função no próximo dia 4, ficando à frente de todo o processo de desmembramento das comunidades onde existem as capelas Nossa Senhora das Dores, no Núcleo Santa Terezinha; Mãe da Igreja, na Vila Ricci; Mãe da Divina Providência, no Gralha Azul e Capela Nossa Senhora do Rosário, na Colônia Guaraúna. Todas capelas pertencentes atualmente à Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, e onde vivem aproximadamente 60 mil pessoas.


     “Na verdade, fui pego de surpresa (com a designação do bispo). Vai ser uma responsabilidade imensa. Mas, vai ser bom. Por um lado, estou tranquilo porque estou seguro, estando ao lado do vigário judicial que é o padre Athanagildo (Vaz Neto) e do padre Wellington (Marcondes) que é juiz, ficando ali com eles, fica até melhor para a gente combinar toda a organização, os passos que precisam ser dados e tudo mais. Por outro lado, é uma missão grande. Começar uma nova paróquia é algo bastante exigente, mas Deus nos ilumine”!


      Ordenado no dia 30 de julho de 2017, atualmente padre Wagner faz parte do Tribunal Eclesiástico da Diocese, cursa mestrado em Direito Canônico e é diretor espiritual da Secretaria da Juventude Legionária (SEJULE) do Senatus Assumpta de Ponta Grossa, da Legião de Maria, e da Renovação Carismática Católica.  O sacerdote chegou à Paróquia Menino Jesus em 14 de abril de 2019, em um Domingo de Ramos, depois de um período de dois anos na Paróquia São José, de Ponta Grossa.


     A Paróquia Menino Jesus terá ainda outras mudanças. Em função das transferências dos dois padres que serviam ali – padre Wagner e padre Fábio Sejanoski, que assume amanhã (27) como vigário da Paróquia São João Batista, em Canutama (AM) - padre Rafael Moreira será empossado como administrador paroquial e padre Alexandre Spena Regueira, como vigário. Padre Alexandre vem da Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati. A posse de ambos será no mesmo dia e horário: dia 6 de março, às 19 horas.


 


Diocede Ponta Grossa
Padre Wagner estava em Reserva desde 2019   |   PMJ

Diocede Ponta Grossa
O sacerdote saiu de uma paróquia que não tem capelas e veio para a que tem 64 comunidades. O maior número da Diocese   |   PMJ


Navegue até a sua Paróquia