DIOCESE  DE  PONTA  GROSSA



SOBRE
   História
   Fundação
   Bula Pontifícia


ESTRUTURA
   Colégio Consultores
   Conselho Presbiteral
   Seminários Diocesanos
   Casas para Encontros


Publicado em: 27/06/2022

Igreja recebe bênção em Castro

Perpétuo Socorro teve ambão e altar abençoados

 
A homenagem feita pelas crianças da Catequese A homenagem feita pelas crianças da Catequese | Crédito: AssCom Diocese de Ponta Grossa

       A igreja, o altar e o ambão da nova matriz da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Castro, foram abençoados ontem (26) pelo pároco, padre Cristiano Marcos Rodrigues, em uma celebração que contou com uma homenagem à padroeira feita por 18 crianças da Catequese e a explicação sobre as principais partes do ícone da santa. Na imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estão incrustadas as relíquias de Santa Teresa de Calcutá e São João Paulo II. Elas estão no véu de Maria, embelezando ainda mais a estrela-guia e a estrela menor.    


     Padre Cristiano falou da imagem de São Gabriel Arcanjo, que segura os pregos e a cruz, instrumentos da morte de Jesus; de São Miguel Arcanjo, que apresenta a lança que abriu o lado do peito de Jesus, de onde verteu água e sangue. Citou que o centro do ícone é Jesus, que está amparado pela Virgem Maria; cuja mãos o segura e outra nos aponta o Filho de Deus, como nosso perpétuo socorro. “Uma das sandálias de Jesus, caindo, está presa por um fio, como a nossa fé, muitas vezes. O manto azul simboliza a maternidade e o vermelho a pureza de Maria. Na estrela maior em sua cabeça está a relíquia de Madre Teresa, de primeiro grau, e, ao lado, a outra a relíquia de São João Paulo II. Nos primórdios da Igreja, quando se fazia um ícone, escrevia-se nele e se colocava relíquias de santos. Um ícone é o que nos leva a contemplar o mistério de Deus”, detalhava o pároco.


     De acordo com padre Cristiano, a igreja está com 99% da parte interna concluída. Falta o piso e alguns poucos detalhes. E a chegada dos vitrais que já foram adquiridos. É só chegar e instalar, processo que é rápido, segundo o pároco. “O piso daqui há 15 dias será colocado em diversos pontos. Em setembro, inicia a pintura da parte externa, das torres, será assentado o piso, instaladas as grades e feitos os serviços de paisagismo. Se Deus der a graça, terminamos este ano, mas quando, só Jesus sabe”, acrescenta. A dedicação da igreja está prevista para acontecer no aniversário da paróquia, em 6 de setembro de 2023. “Até lá, todos os detalhes estarão finalizados”, afirma o pároco, citando que os bancos estão sendo negociados e que nas novenas do ano que vem haverá um momento de ação de graças pela obra. 


     A festa da padroeira iniciou dia 17, com muita participação de todas as comunidades, inclusive da mais recém-criada, a São José, que fica no Acampamento Maria Rosa do Contestado e foi criada em março. Atualmente, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro tem 17 comunidades. Nesta segunda-feira, 27 de junho, dia da padroeira, seriam realizadas nove novenas durante todo o dia, com a oferta de um bolo de 4 metros à comunidade. A Missa Solene em ação de graças, às 19h30, encerra a programação. “Tem sido muito boa a participação. As pessoas têm respondido bem. É só agradecer”, ressaltou padre Cristiano.


 


  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa
  • Diocede Ponta Grossa


Você pode se interessar também:
| Igreja comemora Dia do Padre nesta quinta-feira   |   O relógio que bate há 110 anos   |   O relógio que bate há 110 anos   |   Procissão e Catedral lotada para Sant’Ana   |  





Publicado em: 27/06/2022

Igreja recebe bênção em Castro

Perpétuo Socorro teve ambão e altar abençoados

 

       A igreja, o altar e o ambão da nova matriz da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Castro, foram abençoados ontem (26) pelo pároco, padre Cristiano Marcos Rodrigues, em uma celebração que contou com uma homenagem à padroeira feita por 18 crianças da Catequese e a explicação sobre as principais partes do ícone da santa. Na imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro estão incrustadas as relíquias de Santa Teresa de Calcutá e São João Paulo II. Elas estão no véu de Maria, embelezando ainda mais a estrela-guia e a estrela menor.    


     Padre Cristiano falou da imagem de São Gabriel Arcanjo, que segura os pregos e a cruz, instrumentos da morte de Jesus; de São Miguel Arcanjo, que apresenta a lança que abriu o lado do peito de Jesus, de onde verteu água e sangue. Citou que o centro do ícone é Jesus, que está amparado pela Virgem Maria; cuja mãos o segura e outra nos aponta o Filho de Deus, como nosso perpétuo socorro. “Uma das sandálias de Jesus, caindo, está presa por um fio, como a nossa fé, muitas vezes. O manto azul simboliza a maternidade e o vermelho a pureza de Maria. Na estrela maior em sua cabeça está a relíquia de Madre Teresa, de primeiro grau, e, ao lado, a outra a relíquia de São João Paulo II. Nos primórdios da Igreja, quando se fazia um ícone, escrevia-se nele e se colocava relíquias de santos. Um ícone é o que nos leva a contemplar o mistério de Deus”, detalhava o pároco.


     De acordo com padre Cristiano, a igreja está com 99% da parte interna concluída. Falta o piso e alguns poucos detalhes. E a chegada dos vitrais que já foram adquiridos. É só chegar e instalar, processo que é rápido, segundo o pároco. “O piso daqui há 15 dias será colocado em diversos pontos. Em setembro, inicia a pintura da parte externa, das torres, será assentado o piso, instaladas as grades e feitos os serviços de paisagismo. Se Deus der a graça, terminamos este ano, mas quando, só Jesus sabe”, acrescenta. A dedicação da igreja está prevista para acontecer no aniversário da paróquia, em 6 de setembro de 2023. “Até lá, todos os detalhes estarão finalizados”, afirma o pároco, citando que os bancos estão sendo negociados e que nas novenas do ano que vem haverá um momento de ação de graças pela obra. 


     A festa da padroeira iniciou dia 17, com muita participação de todas as comunidades, inclusive da mais recém-criada, a São José, que fica no Acampamento Maria Rosa do Contestado e foi criada em março. Atualmente, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro tem 17 comunidades. Nesta segunda-feira, 27 de junho, dia da padroeira, seriam realizadas nove novenas durante todo o dia, com a oferta de um bolo de 4 metros à comunidade. A Missa Solene em ação de graças, às 19h30, encerra a programação. “Tem sido muito boa a participação. As pessoas têm respondido bem. É só agradecer”, ressaltou padre Cristiano.


 


Diocede Ponta Grossa
A homenagem feita pelas crianças da Catequese   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Igreja lotada para acompanhar a bênção   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
Padre Cristiano foi quem celebrou no domingo   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa

Diocede Ponta Grossa
O ícone teve seus elementos principais explicados aos devotos   |   AssCom Diocese de Ponta Grossa


Navegue até a sua Paróquia